Você trabalha para o bem do próximo?

Psicoevangelizando

Deusa Samú e Celso Santos falam sobre os benefícios do trabalho. Assim, os apresentadores abordam sobre toda a forma de trabalho, mental, emocional e física. Nos convidam a refletir sobre nossas atitudes diárias: Estamos trabalhando para o bem do próximo? Confira!

Leitura complementar

Como amar ao próximo como a nós mesmos?

Um dos maiores ensinamentos que Jesus nos deixou foi: “Amai ao próximo como a si mesmo e Deus sobre todas as coisas”. Mas o que é o amor?

O amor está por toda parte na Natureza, que nos convida ao exercício da nossa inteligência; até no movimento dos astros o encontramos.

É o amor que orna a Natureza de seus ricos tapetes; ele se enfeita e fixa morada onde se lhe deparam flores e perfumes. É ainda o amor que dá paz aos homens, calma ao mar, silêncio aos ventos e sono à dor.

O Cristo foi o iniciador da mais pura e sublime moral evangélico-cristã, que há de renovar o mundo e irá aproximar os homens e torná-los irmãos. Além disso, neste momento,a caridade e o amor do próximo se estabelecerá entre os humanos como uma perfeita moral.

É o amor que há de transformar a terra, tornando-a morada de espíritos superiores aos que hoje a habitam. Deus não cobra de nós o amor impossível, pois ainda não temos capacidade para amar a tudo e a todos incondicionalmente.

Porém, sempre façamos nossa parte. O que Deus espera de nós é que tenhamos a ausência do ódio em nossos corações. O Espiritismo é de ordem divina, pois que se assenta nas próprias Leis da Natureza.

O coração e o amor tem de caminhar unidos à Ciência. Isso significa que temos que ter uma fé raciocinada. Não feche os olhos para tudo ou fique preso somente numa só ideia. Devemos amar todos, sem exceção.

Uma mensagem do espírito Sanson

“Amar, no sentido profundo do termo, é o homem ser leal, probo, consciencioso, para fazer aos outros o que queira que estes lhe façam. É procurar em torno de si o sentido íntimo de todas as dores que acabrunha seus irmãos, para suavizá-las; é considerar como sua a grande família humana, porque essa família todos a encontrareis, dentro de certo período, em mundos mais adiantados; e os Espíritos que a compõem são, como vós, filhos de Deus, destinados a se elevarem ao infinito”.

Ele continua: […] Assim, não podeis recusar aos vossos irmãos o que Deus liberalmente vos outorgou, porquanto, de vosso lado, muito vos alegraria que vossos irmãos vos dessem aquilo de que necessitais. Para todos os sofrimentos, tende, pois, sempre uma palavra de esperança e de conforto, a fim de que sejais inteiramente amor e justiça.”

Amar o próximo é tratar a todos de forma igualitária, tal como desejamos não ser discriminados. Ressaltando que essa forma equilibrada de tratamento acabará com graves problemas sociais, como o da fome.

Amar o próximo como a si mesmo é não fazer nenhuma diferença entre si mesmo e o próximo, é a consagração do princípio: Todos os homens são irmãos, porque são filhos de Deus.

Texto publicado em 17 de abril de 2017. 

 

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

deixe um comentário

WhatsApp chat