Oficina da Mente

Humberto Pazian, fundador do Instituto de Desenvolvimento Humano Pazian, traz no programa explicações sobre como funciona a mente, essa maravilhosa oficina de sentimentos, pensamentos e criações. Através da relação do tema com a vida em sociedade e a relação das pessoas consigo mesmas, o programa esclarece os mitos relacionados à mente além de trazer dicas práticas sobre como potencializar sua vida e viver de maneira mais plena e para isso conta com o auxilio do apresentador Julio Sena.

Laços de família à luz do espiritismo – Oficina da Mente

A Doutrina Espírita nos mostra sobre a importante função educadora e regeneradora da família. Todos nós temos uma missão em todos os âmbitos da vida, inclusive na familiar. Até o fato de protegermos demais algum parente pode impedir a evolução espiritual do mesmo. Por que às vezes temos a impressão que nascemos na família errada? Quais são os seus laços de família? Descubra agora no Oficina da Mente.

Leitura complementar

Constelação Familiar, segundo Del Mar Franco

A família é um dos vínculos afetivos mais profundos que fazemos durante a vida. É nela, porém, que adquirimos muitas crenças limitantes gerando desafios emocionais intensos.

Desta forma, herdamos não só a genética, mas também comportamentos deste sistema familiar.

Assim, para mudar atitudes que podem ter sido influenciadas pelo meio, Del mar Franco, psicóloga expositora espírita, falou no dia 28 do mês passado, sobre a importância de conhecermos a constelação familiar.

O alemão Bert Hellinger foi o criador da técnica e tutor de Del Mar Franco. A consteladora familiar disse que a terapia exerce um novo olhar sobre a dinâmica da família.

O que o espiritismo e a constelação familiar possuem em comum?

O espiritismo se baseia nas leis do amor e a constelação familiar também. “As constelações familiares falam das ordens do amor e um dos capítulos do O Evangelho Segundo o Espiritismo disserta que o amor é o sentimento mais sublime que temos”, explica Del Mar Franco. Desta forma, é nele que nos baseamos para viver nesta terra.

Muitas vezes, por conta do desencarne de um ente querido, o amor pela família é soberano e acabamos assumindo papéis que não são nossos. Isso gera uma desordem familiar. Por exemplo: quando tratamos os nossos pais como filhos.

Constelação familiar e o espiritismo

Primeiramente, a nossa programação reencarnatória deve ser respeitada. Em síntese, o autoconhecimento é altamente necessário neste processo.

De acordo com Del Mar Franco, a constelação familiar permite retornar à origem dos desafios enfrentados na família, aumentando o nível de consciência. Assim, o constelado participa de uma terapia num grupo de pessoas aleatórias.

Elas representam a linhagem familiar de todas as gerações da pessoa constelada. O processo permite acessar onde está a raiz de todos os problemas.

Em suma, segundo Del Mar, a técnica permite que a pessoa passe a ver a própria vida ou de sua família por meio das pessoas que estão ali, curando possíveis traumas sofridos ao longo da existência terrena.

Texto publicado em 10 de setembro de 2018. 

deixe um comentário

WhatsApp