Sábado dia 25 de Novembro: Mundo Maior Repórter fala sobre Corrupção e Espiritualidade

Para os brasileiros a corrupção não tem apenas um significado negativo mas também virou um sinônimo de estilo de vida principalmente quando o assunto é política pública. Mas será possível afirmar que toda a corrupção no brasil é estatal? Qual é o papel do cidadão comum no combate à corrupção?

No Mundo Maior Repórter deste mês essas questões e muitas outras serão discutidas por especialistas espíritas de grandes nomes, como  Paulo Henrique Figueiredo, Alexandre Caldini  e André Marouço, que relatam suas visões sobre a atual situação do Brasil e quais os motivos do país passar por momentos financeiros tão incertos. O País Tupiniquim poderia ser uma nação escola, hospital ou presídio? 

A nossa equipe conversou com o cientista político Edson Nunes, que embasado em sua experiência profissional e estudo explica qual o impacto que a corrupção tem no Brasil e como ela afeta diariamente cada cidadão brasileiro.

Apesar do Brasil viver uma situação crítica, na qual a maioria da população já não acredita mais na classe  política brasileira e ainda tem fama de sempre tratar todas as situações com o “jeitinho brasileiro” há muitos cidadãos honestos, e “de bem”. Para comprovar essa afirmação conhecemos a história de Kolela Kabengele, que encontrou uma carteira com mais de 8 mil reais dentro e decidiu encontrar e devolver ao verdadeiro dono. Com seu ato que deveria ser algo comum Kolela foi recompensado de forma inesperada, o que prova que agir com honestidade é uma obrigação que só trará benefícios.

Ainda nesta edição a equipe foi às ruas para saber qual a postura em relação a corrupção dos Brasil, e questionou algumas pessoas sobre suas visões em relação à corrupção no país. Será que essas pessoas já cometeram atos corruptos também? Não deixe de acompanhar o Mundo Maior Repórter – Corrupção e Espiritualidade. É dia 25 de novembro às 18h30, na TV Mundo Maior.

deixe um comentário

WhatsApp