Plano Reencarnatório e Livre Arbítrio

Nosso espírito é eterno e está em constante evolução desde o princípio de sua jornada neste ou em outro mundo. Quando encarnado dentro do ciclo biológico o espírito cumpre sua missão com o tempo definido. Na erraticidade ele irá aprender, analisar suas últimas encarnações e planejar a próxima vida no plano físico.

O processo do plano reencarnatório tem início na desencarnação do espírito com a forma da morte e a força da consciência para o entendimento do desencarne. O livre arbítrio nos é concedido e com ele temos a responsabilidade por nossos atos.

A nossa morte em vidas passadas já pode ter sido influenciada por nossa liberdade. O suicídio e a negligência com nosso corpo são fatores que levam ao desencarne não programado.

Quando chegamos na erraticidade podemos aos poucos recobrar nossa memória e através disso contabilizar o que nos era planejado fazer e em quais pontos nosso livre arbítrio mudou os rumos de nossa encarnação.

Não necessariamente nossas escolhas podem ser ruins. A mudança de rumo não nos impede de pregar o amor e praticar a caridade, porém aprendizados necessários podem ter sido deixado de lados e será necessário serem retomados em encarnações futuras.

Na erraticidade os espíritos voltam a estudar e trabalhar em prol da espiritualidade superior dentro das colônias espirituais. Quando chegar o momento de voltar a vida material é feito o plano reencarnatório onde a autonomia do espírito até pode existir, porém é mínima.

É decidido nesse processo questões como família, condições sociais e o sexo da matéria. Nele os espíritos responsáveis pelo plano e os mentores espirituais analisam as vida passada e destinam ao espírito a trajetória de acordo com a Lei de Causa e Efeito e o que precisamos resgatar.

Nosso livre arbítrio pode ser muitas vezes o causador de dores e sofrimentos, mas pode também ser usado para fazer além do planejado de forma positiva. É importante aprender com o sofrimento, sempre ter fé e acreditar no crescimento e aplicar o amor nos atos de caridade. No fim a certeza é da morte biológica e da eternidade espiritual.

 

Para saber mais sobre o assunto, assista:

Sem Dúvida

Nós escolhemos a nossa família antes de reencarnar?

Toda gravidez é planejada na espiritualidade?

Fontes: Imagem ilustrativa retirada de wordpress.

*Este texto é de responsabilidade de seu autor. Não representa necessariamente a opinião da TV Mundo Maior.

Escrito por: Ricardo Guelfi de Souza

Estudante de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Estagiário de Marketing na TV Mundo Maior.

 

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

deixe um comentário

WhatsApp chat