Paciência e Espiritualidade: Ande devagar e aprecie o caminho

Ter paciência é difícil, eu sei, mas não é algo que temos, que num piscar de olhos possuímos, não é material. A paciência é um aprendizado que adquirimos com a vida.  Ouvi certa vez e considero algo pertinente: se pedimos à Deus paciência, Ele nos proporcionará em nosso caminho as melhores situações para que possamos aprender a paciência. E é um aprendizado que todos terão de adquirir na vida, na existência em evolução. 

A primeira coisa que deveríamos fazer para compreender a paciência é andar devagar nas estradas que pisamos durante a vida. Dê um passo de cada vez, tome cuidado com os obstáculos da estrada e melhor, aprecie tudo que há de mais belo nesse caminho, pois deve existir uma paisagem deslumbrante. Não perca nada disso, pare de correr e ande devagar. 

 Agora vem a situação um tanto realista: é difícil, não é mesmo?! Nós temos pressa, queremos tudo no nosso tempo. O imediatismo dos novos tempos nos cobra rapidez, é então que corremos e queremos que tudo corra junto, que as coisas aconteçam para ontem. Quem vai querer andar devagar em pleno século XXI? 

 

A vida é difícil, bem o sei. Compõe-se de mil nadas, que são outras tantas picadas de alfinetes, mas que acabam por ferir. Se, porém, atentarmos nos deveres que nos são impostos, nas consolações e compensações que, por outro lado, recebemos, havemos de reconhecer que são as bênçãos muito mais numerosas do que as dores. O fardo parece menos pesado, quando se olha para o alto, do que quando se curva para a terra a fronte.
(O Evangelho Segundo o Espiritismo) 

 

A questão é que as coisas não acontecem quando queremos e sim quando estamos preparados para que elas aconteçam. A espiritualidade amiga, os espíritos protetores que te acompanham sabem quando estaremos preparados para vivenciar qualquer situação da nossa vida. Se algo ainda não aconteceu, é porque se acontecesse agora, você não iria estar pronto e muito provavelmente deixaria de aproveitar e vivenciar como se espera. 

O mais interessante é quando estamos pacientes, andando devagar, quando passamos por processos de redenção, muitas vezes percebemos que o que queremos ou da forma que queríamos não condiz com o que realmente seria positivo para a nossa evolução. Nossos pensamentos mudam, nos transformamos diariamente, aprendemos e crescemos com cada situação da nossa vida, mas para isso é preciso andar devagar, pisar calmo no chão que passamos. Tudo vai  acontecer no tempo certo. Confie mais em Deus. Confie mais em você. E lembre-se de aprenda essa arte chamada paciência. Aprenda a crescer. 

 

Fontes: O Evangelho Segundo o Espiritismo , Capítulo IX – item A Paciência

Foto retirada do Canva.

 

Escrito por: Ricardo Guelfi de Souza

Estudante de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Assistente de Mídias Sociais na TV Mundo Maior e apresentador do Podcast Direito de Ser da Rádio Boa Nova.

 

 

Leia também: Felicidade e Espiritismo: Quais são as suas alegrias da vida?

 

Sobre o tema felicidade, assista:

 

Compreensão e paciência com os pais – Adeilson Salles

 

COMO MANTER A PACIÊNCIA E A FÉ EM MOMENTOS DE DOR? | Plantão do Evangelho

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

leave a reply

WhatsApp chat