Pluralidade dos mundos habitados – Espiritismo sem Mistério

Existem diferentes mundos no universo que possibilitam a nós espíritos, aprendizados de acordo com a nossa escala evolutiva. Mas os seres que habitam em cada um desses mundos alcançam o mesmo grau de perfeição? Passando desse mundo para o outro o espírito continua com a mesma inteligência que tinha no mundo anterior? Confira agora no Espiritismo Sem Mistério.

 

Leitura complementar

Encarnação nos Diferentes Mundos

A Lei do Progresso se aplica, tanto para os espíritos, quanto para os mundos. Na escalas dos Planetas encontramos cinco estágios; o primitivo, provas e expiações, regeneração, mundos felizes e mundos celestes.

O grau de adiantamento do espírito que irá definir quais deste mundo atenderam suas necessidades para o progresso. Quando um dos dois não estão em mesma sintonia o espírito poderá mudar de planeta, onde receberá a tarefa de continuar a sua evolução.

Um dos exemplos deste fato está escrito no livro Os Exilados da Capela, de Edgard Armond. O espíritos que habitavam este planeta tinham conhecimentos intelectuais, porém baixa elevação moral.

Quando este planeta passou de provas e expiações para regeneração os espíritos  que não haviam alcançado este nível e ainda tinha falhas a serem explicadas tiveram que ser transferidos para o planeta Terra, que melhor poderia atendê-los.

Hoje esse processo de transição planetária ocorre com a Terra, onde permanecerão os espíritos que alcançaram um certo nível de moral para prosseguirem com sua evolução neste mundo.

Tal mudança pode também ocorrer quando o espírito chegou a um grau de evolução maior e não condizente com o mundo atual, podendo estar em outros planetas.

Para cada planeta, atmosfera e superfície física há uma organização material diferente. Elas se aptam para se ajustar ao corpo físico. Além disso, quanto mais puro o espírito e o planeta, menos matéria terá, aproximando-se de um corpo etéreo.

Os espíritos jamais retrocedem, porém podem estagnar em um mesmo grau até que consigam evoluir. Portanto, nestes casos o espírito pode passar por diferentes mundo do mesmo patamar planetário, conservando sua inteligência e conhecimentos adquiridos em existências passadas.

Assim, as encarnações nos diferentes mundos são para nos auxiliar em busca da elevação e purificação. Aos estudarmos a doutrina dos espíritos aprendemos como evitar a estagnação na escala espírita e ainda contribuir para a evolução de nosso planeta em prol do bem.

Texto publicado em 23 de fevereiro de 2018. 

 

0

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

deixe um comentário

WhatsApp chat