Como o Espiritismo contribuiu para a psiquiatria? – Nova Mente

Como o Espiritismo contribuiu para a psiquiatria? Espírito Bezerra de Menezes, expoente da doutrina, era psiquiatra. Será que há semelhanças entre os dois campos de estudo? Alguns casos de esquizofrenia, não poderiam ser mediunidade auditiva descontrolada? Como diferenciar uma pessoa obsediada de uma pessoa doente? Saiba mais, agora no Nova Mente!

m

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

deixe um comentário

WhatsApp chat