Carência afetiva visão espírita – Novos Rumos

As apresentadoras Ercília Zilli e Jussara Dantas falam sobre Carência Afetiva! Você sabe o que é carência afetiva? Sabe quais são os sintomas e como tratar? Acompanhe!

Leitura complementar: Pra começar a semana com Amor Próprio

Pra começar a semana se amando um pouquinho mais e aprendendo a máxima de Jesus “amar ao próximo como a si mesmo”, veja se algum desses sentimentos já passou pelo seu coração:

  • Aquele pensamento constante de comparação com os outros;⠀⠀
  • Aquela sensação de que as pessoas sempre tem algo a dizer sobre você;⠀
  • No pensamento que nada do que você faz é o suficiente;

Se você disse sim para alguma dessas opções, neste artigo vim dar 3 atitudes para te ajudar a lidar com essas dificuldades, pra gente abraçar nosso espiritinho com mais amor neste início de semana:

  1. EVITE pedir opinião se não estiver preparada pra ouvir

Simples, mas nem sempre, né? O fato é: a gente adora pedir a opinião dos amigos, amigas, pai, mãe, gato, cachorro… desde que seja para aprovar nossas ações.

Tem vezes que não estamos TÃO preparadas assim pra ouvir a opinião alheia que pode ser bem diferente daquilo que a gente esperava ouvir.

Por isso, se qualquer comentário negativo ou contra uma atitude que você adoraria fazer, pode gerar algum desconforto, evite pedir opinião pra todo mundo. Tome a decisão e lembre-se no seu livre arbítrio que é só seu.

  1. LEMBRE que a opinião do outro diz mais sobre ele do que sobre você⠀

Vai dizer que você nunca comprou um presente pra alguém que falava mais sobre seus gostos pessoais do que o do presenteado!? ⠀

A analogia é bem essa, porque a opinião do outro vem sempre carregada com toda a experiência, vivência e percepção dele mesmo e não da sua. ⠀

Lembre-se disso quando ouvir alguma coisa que não gostou. Qualquer crítica ou comentário aleatório sobre alguma atitude que você faça, diz mais respeito sobre os valores da outra pessoa do que o seu.

  1. SEPARE os comentários sobre o que você faz e de quem você é⠀

Antes de mais nada: lembre-se da dica número 1 aqui de cima haha.

Não é porque você tomou uma decisão errada, que você é menos espírita. Não é porque você não frequenta o centro há um tempo que você vai pro umbral. Mas cabe a você lembrar que ser espírita significa você tomar suas próprias decisões – e assumir as responsabilidades, né?

Quando ouvir alguém comentar sobre algo que você fez ou vai fazer, separe o acontecimento de quem você é. Isso pode ajudar a tornar as coisas menos pessoais.

Texto publicado em 5 de março de 2018.

0

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

deixe um comentário

WhatsApp chat