O Espiritismo está no ar na novela Pantanal

Foto: reprodução | Globo

Após 32 anos da primeira versão de grande sucesso da novela Pantanal, em março de 2022 estreou a nova versão da grande produção do autor Benedito Ruy Barbosa.

O remake da Globo dirigido pelo neto do autor, Bruno Luperi traz na trama além das belas paisagens do Pantanal e sua cultura e a saga das famílias Leôncio e Marruá, temas espíritas em seu enredo. 

A reencarnação será mostrada em breve com o retorno do espírito da mãe de Juma, Maria Marruá (Juliana Paes) que volta como filha do casal, Juma e Jove segundo as previsões do personagem Velho do Rio que responde a Juma que  a mãe não morreu quando ela pergunta porque ela  sumiu: “Para certas perguntas, não existe resposta, mas você cuide bem dessa oncinha que você está trazendo em sua barriga”.

E por falar em Velho do Rio, esse é outro elo marcante entre o mundo material e espiritual vivido pelo ator Osmar Prado, que seria a encarnação do pai de José Leôncio(Marcos Palmeira), desaparecido na primeira fase da novela. Um personagem transcendental e misterioso, que representa uma espécie de guardião do Pantanal, trazendo em suas aparições para aqueles que estão prontos para enxergá-lo, reflexões sobre a vida e a morte como: “Não somos donos de nada, somos apenas administradores”. 

Além da abordagem da temática espiritual na novela, o personagem Velho do Rio traz à tona a importância de cuidar do Planeta e da natureza para que se torne um mundo mais cooperativo e solidário e menos ganancioso: “Somos filhos de uma mãe gentil e generosa a quem tentamos já muito tempo escravizar”.

Voltando no tempo, quem assistiu a primeira versão da novela na década de 1990 e revê agora a versão atualizada aguarda nos próximos capítulos, o reencontro emocionante entre pai e filho(José Leôncio e o Velho do Rio) que deixa clara a mensagem sobre a imortalidade da alma e o amor que transcende a vida. 

A grande audiência da novela Pantanal, assim como outras novelas que trouxeram a temática espiritual em seu enredo, mostram o quanto  histórias de amor e espiritualidade despertam o interesse do público e podem contribuir para a divulgação dos ensinamentos espíritas.  

Que venham muitas outras novelas e filmes que possam transmitir mensagens positivas e de reflexão, fazendo da arte um canal para o despertar da humanidade sobre a transcendência da vida e a necessidade de evolução incessante.

Confira o vídeo com Daisy Mansano sobre o tema:

Unidades Feal

FUNDAÇÃO ESPÍRITA ANDRÉ LUIZ |||

Feal

Você gostou deste conteúdo?

Há décadas a FEAL - Fundação Espírita André Luiz assumiu o compromisso de divulgar conteúdos edificantes voltados ao bem estar dos seres humanos gratuitamente e, com a sua ajuda, sempre será.

Podemos contar com você?

leave a reply

WhatsApp chat