Médium acusado de abuso sexual – Boletim Espírita

O médium Maury Rodrigues da Cruz está sendo acusado de abuso sexual contra adolescentes. De acordo com as denúncias, os abusos teriam acontecido em sessões em salas fechadas que aconteciam no centro espírita. O caso ainda está sendo apurado pela polícia. É comum que centros espíritas ofereçam algum tipo de tratamento espiritual em salas fechadas? Qual a visão espírita sobre o fato? Acompanhe agora no Boletim!

Leitura complementar

Novela “O Outro Lado do Paraíso” aborda Pedofilia

A novela da Rede Globo, “O Outro Lado do Paraíso”, repercutiu nas últimas semanas. Pois tema pedofilia foi abordado com as personagens Laura (Bella Piero) e Vinícius (Flavio Tolezani).

A jovem Laura foi abusada por seu padrasto Vinícios durante sua infância. Assim, o trauma foi guardado em sua mente com as lembranças do tanque de tartarugas que tinha em sua casa, local em que sofreu o abuso.

Primeiramente, a maior polêmica acontece quando Clara (Bianca Bin) decide leva sua amiga para acessar as memórias por meio da técnicas de Coaching e hipnose realizadas pela advogada e Coach Adriana (Julia Dalavia).

No programa Novos Rumos, a psicóloga e presidente da ABRAPE (Associação Brasileira de Psicólogos Espíritas), Ercília Zilli, comentou a novela.

Sobre a pedofilia e o espiritismo, Ercília diz se tratar de uma “repercução de vidas passadas”, despertando na encarnação atual um desejo e uma atração sexual e espiritual. Ressalta ainda ser um processo obsessivo e injustificável, por se tratar de um crime.

Visão espírita

No caso essa transgressão, tanto das leis terrenas quando das leis divinas, transparecem as imperfeições do espírito. Sobre o personagem Vinícius, Ercília afirma estar próximo a psicopatia, ainda que não integralmente.

Sobre a polêmica do uso de terapias regressivas através da hipnose, a psicóloga relembra as notas emitidas pela Slac (Sociedade Latino Americana de Coaching) e pela CFP (Conselho Federal de Psicologia).

A Slac já havia alertado a emissora sobre a forma em que conduzia o tema dizendo ser “colocado de forma equivocada durante uma cena do capítulo da novela O Outro Lado do Paraíso, exibido na última quarta-feira (17).”.

A nota, assinada pelo Presidente da Sociedade Latino Americana de Coaching, Sulivan França, também ressalta que“Ainda que a novela seja uma obra de ficção, esse texto da personagem traz informações equivocadas sobre o Coaching, seu real significado e aplicação.”

Sobre a hipnose, ele também afirma que “Tratar o Coaching dessa maneira e associar a atividade à hipnose pode, em nossa opinião, induzir profissionais da área a atuar de maneira equivocada com psicologia.”

Ercília Zilli nos dá recomendações para evitar ou perceber casos de pedofilia como observar comportamentos antissociais.

Em suma, ela também alerta para a observação dos familiares, ressaltando a negligência da mãe de Laura na novela nos lembrando que na maioria dos casos o pedófilo é próximo das vítimas.

Em síntese, para o tratamento de traumas psicológicos é necessário procurar psicólogos e psiquiatras.

Observação e atitude são medidas importantes que devem ser tomadas. Pedofilia é crime e deve ser denunciado. Para realizar as denúncias disque 100.

Leia as notas da Slac e CFP na íntegra.

Texto publicado em 22 de fevereiro de 2018. 

deixe um comentário

WhatsApp chat