Mais médicos na visão espírita

Jornal Nova Era

A promoção da saúde deve ser um estímulo para estes profissionais que estão ocupando as vagas deixadas pelo médicos cubanos. O Jornal também falou sobre nova técnica orientada por médico zimbabuano a avós, também promovendo saúde emocional a pessoas com depressão. Comentários de Deusa Samú. Apresentação de José Damião e Guiomar Sant’Anna.

Leitura complementar

Progresso da legislação humana, segundo o Espiritismo

Atualmente, a sociedade tem falado muito sobre legislação brasileira. Principalmente, no que se refere ao cumprimento dela para garantir a ordem social nas esferas do direito, ordem e paz entre as nações. Mas que o espiritismo pode dizer sobre as leis humanas e como elas se ligam com as leis naturais?

O capítulo 8 do “O Livro dos Espíritos”, diz que poderíamos nos basear unicamente pelas leis naturais – lei de Deus – se todos os seres a compreendessem.

“Se os homens as quisessem praticar, elas bastariam. A sociedade, porém, tem suas exigências. São necessárias leis especiais”, diz “O Livro dos Espíritos”.

As leis são necessárias para estabelecer um equilíbrio na sociedade. Se a mesma aplicar regras injustas e incoerentes aos seus cidadãos, a consequência será cidadãos que não saberão conviver civilizadamente e de maneira justa.

Espiritismo explica o progresso da legislação

“O Livro dos Espíritos” informa que, na antiguidade, as leis foram feitas por aqueles que detinham o poder. Pessoas que, muitas vezes, fizeram as regras somente para benefício próprio. Com o passar das décadas, os homens começaram a compreender melhor a justiça e as leis foram sendo modificadas.

As legislações foram se tornando cada vez mais estáveis, ou seja, as regras equivaleram para todos. Conforme os anos passam, elas se aproximam, cada vez mais, com a Lei Natural. No entanto, gerações ainda praticam leis que são compatíveis às necessidades de certas posições sociais.

As legislações de cada nação, portanto, regulam por meio das leis humanas, os direitos e deveres de cada posição hierárquica. Desta forma, como o homem é instável, muitas vezes, acaba criando direitos e deveres que não condizem com a lei natural.

Conforme os povos evoluem, os homens acabam tirando o que não está de acordo com as leis divinas do seus códigos morais. Num mundo de provas e expiações, “só a educação pode mudar os homens, que, então, não precisarão mais de leis tão rigorosas”, diz “O Livro dos Espíritos”.

Esperemos sempre a renovação das leis humanas para serem mais parecidas com as leis naturais. A Marcha para o Progresso é inevitável e certa. Por isso, não nos preocupemos com as discrepâncias nas legislações terrenas, pois o homem reformulará suas leis conforme for progredindo. Esperemos com resignação em Deus pai.

Por Leticia lopes.

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

deixe um comentário

WhatsApp chat