Literatura escatológica e apocalíptica – Abrindo a Bíblia

Enquanto uma representa cartas às sete comunidades fundadas por João, e tem uma linguagem direta a outra apresenta simbologias e a interpretação é mais complexa. Uma complementaria a outra? Por que não devemos interpretar o Apocalipse como um livro catastrófico? Qual a diferença entre a literatura escatológica e apocalíptica? Descubra agora no Abrindo a Bíblia.

Parte 1

 

Parte 2

 

Leitura complementar: O que o espírita o tem a dizer do apocalipse?

Grande parte dos conceitos da origem do fim do mundo ou apocalipse, se originou do livro do Apocalipse escrito por João, quando estava exilado na ilha de Patmo, na Grécia.

O livro do Apocalipse nos mostra alegorias de diversas situações atuais. Segundo o estudioso espírita, José Reis Chaves, João descreveu cenários apocalípticos para transmitir a palavra de Jesus em alegorias, para não ser punido pelos imperadores da época.

João, na época estava muito idoso. Desta forma, para passar aos papéis suas visões ele teve que pedir o auxílio de escribas para descrever o conteúdo.  Observemos que o que está descrito nas escrituras é somente aquilo que os escribas interpretaram do que ele disse.

As alegorias retratam muitos dos cenários que vivemos hoje. Por exemplo: estrelas caindo dos céus podem significar bombas nucleares ou outros dispositivos explosivos.

 

Estamos vivendo no apocalipse?

O espiritismo relata que nosso planeta não é o único que possui vida no universo. A doutrina esclarece que os outros mundos não conhecemos por conta da sua outra dimensão. Nós, seres terrenos, estamos aqui para evoluir, enquanto outros mundos são habitados por espíritos mais evoluídos.

Emmanuel relatou, por meio da psicografia de Chico Xavier, que o “fim do mundo” será um fato marcante que fará a terra passar de um mundo de provas e expiações para a regeneração.

Emmanuel nos disse também que nós já estamos nesta transição, ou seja, já estamos vivendo o apocalipse. Portanto, neste estágio de energia planetária, estamos vivendo situações de limpeza planetária.

O que seria essa limpeza? Seria essa violência desmesurada: filhos matando os pais, desencarnes realizados por pessoas mal intencionadas, entre outras situações. Em síntese, isso acontece porque espíritos maus encarnam para ter uma chance de regeneração.

Assim, devemos ter consciência de que é o nosso dever ser propagadores do bem. Fazendo a reforma íntima para levar a energia positiva para a terra. Em suma, o apocalipse nada mais é do que uma oportunidade de nos elevarmos para mundos melhores.

Texto publicado originalmente em 26 de maio de 2018. 

deixe um comentário

WhatsApp