Lei do Progresso: A Ascensão do Espírito

A Lei do Progresso é inerente a todo espírito e está em constante vigor, não podendo um espírito retroceder.

O estado de natureza seria como a infância do espírito, no qual é comandado pelos instintos. Neles são alimentadas as necessidades básicas para a sobrevivência, como um animal.  

Conforme este espírito adquire o livre-arbítrio, ele deixa de ser guiado pelos instintos primitivos e passa a escolher. É quando irá desenvolver as inteligências morais e intelectuais que estarão em constante evolução segundo a Lei do Progresso.

O intelecto e a moral não costumam evoluir no mesmo compasso. Geralmente a inteligência intelectual se adianta primeiro, até mesmo para cumprir com as necessidades constantes de uma sociedade, como as ciências.

As sociedades também não evoluem de forma linear. Cada espírito está em um grau de evolução diferente. Este fator torna relevante o contato social em instituições dentro da sociedade, pois nela os espíritos mais elevados auxiliam o progresso dos demais.

Em oposição à Lei do progresso encontramos o orgulho e o egoísmo que dificultam e embaraçam a evolução individual e coletiva.  

As lei humanas podem contribuir ou não para o progresso da humanidade. Porém, muitas são feitas para cumprirem apenas os interesses pessoais de pequenos grupos e não solucionam reais problemas.

Podemos observar esse fator na questão do Livro dos Espíritos:

  1. No estado atual da sociedade, a severidade das leis penais não constituem uma necessidade?

“Uma sociedade depravada certamente precisa de leis severas. Infelizmente, essas leis mais se destinam a punir o mal depois de feito, do que a lhe secar a fonte. Só a educação poderá reformar a humanidade que então, não precisará mais de leis tão rigorosas.”

Para que as sociedades possam evoluir mais depressa apurando sua moral, de tempos em tempos elas são submetidas a grandes acontecimentos. Eles tendem a acelerar suas provas e expiações para mais rápido se elevarem.

O Espiritismo vem contribuir com a Lei do Progresso, pois alinha as questões filosóficas e científicas com a moral divina. Com ele também é possível compreender suas falhas de modo a corrigi-las.

A doutrina espírita serve de apoio à desconstrução do materialismo e a importância de do amor para eliminar chagas sociais como o orgulho e o egoísmo. Assim é possível construir uma sociedade justa baseada na caridade e no amor ao próximo.   

 

Para saber mais sobre o assunto, assista:

Lei do progresso – A Caminho da Luz

Fontes: O Livro dos Espíritos, perguntas 776 à 802. Imagem ilustrativa retirada de

 

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

leave a reply

WhatsApp chat