TV Mundo Maior A quem pertence a letra de uma Psicografia? - TV Mundo Maior

Evangelho e Reforma Íntima

A quem pertence a letra de uma Psicografia?

Enviado em 30 de agosto de 2017 | Publicado por TV Mundo Maior

A psicografia é uma técnica de comunicação dos espíritos através da escrita sendo uma técnica mais simples, cômoda e completa para promover uma relação com a espiritualidade.

Essa forma de receber mensagem ficou muito conhecida com as obras de Allan Kardec, que recolheu inúmeras informações psicografadas sobre o espiritismo e publicou Livros base para o aprendizado da doutrina. No Brasil o nome que consagrou, tanto o espiritismo quanto a psicografia foi nosso querido Chico Xavier publicando mais de  400 livros inteiramente psicografados.

Uma das dúvidas mais frequentes sobre a psicografia é  a confirmação de sua veracidade, sempre procurando uma base de confiabilidade como nomes, números de telefone e documentos e principalmente a letra na mensagem em questão. Mas afinal, a quem pertence a letra de uma psicografia?

Encontramos a resposta no Livro dos Médiuns, de Allan Kardec, que irá nos explicar os diferentes tipos de médiuns que irão atuar a favor da espiritualidade nos meios da escrita. Temos os Médiuns Mecânico, Intuitivo, Semi-Mecânico e os Inspirados.  No primeiro caso, também conhecido como médium passivo, a psicógrafo age independente de sua vontade e pensamento, pois irá exercer a ação controlada pelo espírito, sendo assim o movimento de sua mão irá exprimir o pensamento do espírito.

Os médiuns intuitivos são o oposto, pois tem total consciência tomando posição de intérprete. Suas ações são voluntárias e facultativas sendo que os espíritos agem sobre a alma recebendo o pensamento e decodificando em texto a ideia expressa. A figura do médium Semi-Mecânico é uma mistura dos dois gêneros anteriores, pois sente a impulsão dos dados em sua mente, porém tem a consciência do ato acompanhando assim a psicografia.

Por último temos a figura dos Médiuns Inspirados que recebem as ideias e inspirações por meio dos espíritos que o influenciam, podendo ser da espiritualidade amiga ou não. É dito na obra de Kardec que muitas pessoas que tem esse dom talvez não o saibam, são os chamados gênios ou espíritos avançados atuando na sociedade como artistas, sábios e literatos. Os inspirados portanto recebem com facilidade de seus protetores e instrutores informações que serão alinhadas ao conhecimento prévio adquirido em encarnações passadas.

Mas afinal, e a caligrafia? Bom, na maioria dos casos as psicografias não irão conter a caligrafia  compatível a letra do espírito enquanto ele era encarnado. Esses casos ocorrem através dos médiuns polígrafos, que são psicógrafos mecânico ou semi-mecânico com aptidão específica para receber uma mensagem sendo capazes de reproduzi-las com a letra do espírito.   

 

Fontes: O Livro dos Médiuns, Cap. XV e Cap XVII (item 219). Imagem ilustrativa retirada de realidadeespirita.

 

*Este texto é de responsabilidade de seu autor. Não representa necessariamente a opinião da TV Mundo Maior.

Escrito por: Ricardo Guelfi de Souza

Estudante de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Estagiário de Marketing na TV Mundo Maior.

 

 

 

 

Para saber mais sobre o assunto, assinta:

 

Psicografia – Dualidade

Parte 1

Parte 2

Parte 3

 

Comments

comments

Deixe seu comentário:


WhatsApp
Clique aqui