TV Mundo Maior Evangelho Segundo o Espiritismo: Jesus trouxe a paz ou a espada? - TV Mundo Maior

Evangelho e Reforma Íntima

Evangelho Segundo o Espiritismo: Jesus trouxe a paz ou a espada?

Enviado em 21 de fevereiro de 2018 | Publicado por TV Mundo Maior

As palavras de Jesus foram as mais sábias e adequadas à época. Porém, seus evangelhos foram escritos tempos depois de seu desencarne e por muitas vezes expressaram a ideia do Mestre não retratando fielmente os seus pensamentos.

Contudo, temos também as falsas interpretações, seja por ignorância ou por interesses motivados pelas paixões terrenas.  

Nos Evangelhos da bíblia, em Mateus e Lucas, encontramos as seguintes palavras atribuídas a Jesus: “Não vim trazer a paz, mas a espada; vim separar do pai o filho, do esposo a esposa; vim lançar fogo à Terra e tenho pressa de que ele se acenda.”.

Se analisadas ao pé da letra, essas palavras tornam-se devastadoras e sanguinárias. A escrita pode ter exacerbado a expressão, porém Jesus às disse com o intuito de nos alertar.

Suas palavras eram verdadeiras e vinham para ficar. Jesus sabia que a humanidade, ainda imperfeita, demoraria para compreender seus ensinamentos e muitos usariam seu nome e suas palavras em favor do mal.

Os pensamentos de Jesus se concretizaram, pois o orgulho, a inveja, o egoísmo e a arrogância, fazem com que o indivíduo deixe de pensar no próximo se qualquer ação for garantir suas ambições.  

Portanto, sim, pai irá levantar a espada ao filho, irmão levantará a ira contra irmão e assim o fogo estará lançado à Terra, tal qual disse nosso Mestre, e o pior, tudo usando seu nome.

Guerras e conflitos, ao longo da história, utilizam do nome de Jesus e do nome de Deus para levantarem a espada a vossos irmãos, apenas pelo poder e riquezas materiais.

Dentro das próprias casas os familiares ficam, um em conflito com o outro. A divisão está nas religiões, uma contra a outra, defendendo sua força, quando o verdadeiro propósito seria de propagar o amor em palavras mansas, pois todos levam ao mesmo Deus.

O progresso pode ser observado, mesmo que lentamente, com o passar dos séculos. Aos poucos as interpretações vão ficando claras e o auxílio da ciência e da filosofia trazem aos pensamentos humanas a razão.

Tenhamos dentro de nós palavras de consolo ao próximo. Apesar da árdua missão, devemos sempre propagar o amor e a caridade em busca do progresso no planeta Terra.

 

Para saber mais sobre o assunto, assista:

“Eu não vim trazer a paz, mas a espada” – A Caminho da Luz

Fontes: O Evangelho Segundo o Espiritismo, Cap. XXIII – Estranha Moral. Imagem ilustrativa retirada de wgospel;

Escrito por: Ricardo Guelfi de Souza

Estudante de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Estagiário de Marketing na TV Mundo Maior.

Comments

comments

Deixe seu comentário:


WhatsApp
Clique aqui