Fotografia e telegrafia do pensamento

Livre Pensamento

Paulo Henrique de Figueiredo e Cláudio Palermo recebem o Comunicador da RBN, Antônio Carlos Amorim, e analisam o texto de Allan Kardec sobre a Fotografia e telegrafia do pensamento. Quando o Espírito encarnado se lembra de algo, a sua memória lhe apresenta, de alguma sorte, a fotografia do fato que ele procura? Este fenômeno também ocorre com o vidente? Confira!

Leitura complementar

É possível fazer transmissão de pensamento?

Você já pensou em alguém e esta mesma pessoa aparece minutos ou horas depois? Hoje vamos saber mais como acontece a transmissão de pensamento de encarnado para encarnado

Você já tentou enviar uma mensagem telepática para um parceiro em trânsito comprar leite no caminho de casa? E, para sua surpresa, a pessoa recebeu a mensagem e trouxe o que você precisava!

Isso não é coincidência. Segundo O Livro dos Médiuns, podemos nos sintonizar com o espírito de uma pessoa viva. Isso acontece porque as vibrações de um encarnado se manifestam para outro ser dependendo da simpatia pelas quais eles se comunicam.

Portanto, não se surpreenda se uma amiga (que você lembrou esses dias, mas não vê há muito tempo) aparecer “do nada”.

Telegrafia humana: recomendações salutares

O Livro dos Médiuns diz que duas pessoas podem conectar de forma simultânea. Desta forma, podemos transmitir nossos pensamentos e nos corresponder. O nome dado a essa habilidade é telegrafia humana.

Assim, quando pensamos num encarnado, ocorre um laço entre ele e nós. Essa conexão faz parte do inconsciente coletivo. Desta forma, a energia deste ser poderá se ligar a nós se tiver motivos para tanto. Ou seja, se for um espírito familiar.

No entanto, algumas pessoas são capazes de realizar essa comunicação e outras podem não conseguir. O Livro dos Médiuns esclarece que os espíritos, sejam encarnados ou desencarnados, não estão sob às nossas ordens. Eles se ligam a aqueles quem são afins. Então, ao querer transmitir um pensamento, tenha ciência que ele pode ou não ser recebido.

Não cabe a nós querermos realizar nossas vontades egoístas e vaidosas, mas sim realizar grandes evoluções enquanto estivermos encarnados. Estudemos a doutrina de Allan Kardec, pratiquemos caridade e façamos atitudes para evoluir constantemente.

Texto publicado 29 de outubro de 2018.  

 

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

deixe um comentário

WhatsApp chat