Existe vale dos tatuados?

Existe vale dos tatuados

Existe vale dos tatuados?

Antes de abordarmos a questão do vales dos tatuados, vamos relembrar que a prática de marcar o próprio corpo é tão antiga quanto a humanidade. Diversas pesquisas mostraram tatuagens em diversas civilizações, por exemplo, nos egípcios, japoneses, africanos, entre outros. 

Hoje em dia, a tatuagem se tornou um hábito comum entre as pessoas independe de idade, sexo, religão. Elas se utilizaram da tatuagem para marcar algo importante, como por exemplo, o nascimento do filho. Entretanto, em alguns casos, a tatuagem escolhida pode ser ofensiva ou sugestiva de raiva e violência.

Tatuagem e espiritismo

Não existem recomendações nas obras básicas a respeito do tema. O espiritismo nada impõe, não dita regras, não condena. Porém, nos ensina sobre o equilíbrio, o bom senso, o livre arbítrio. 

O livro Evolução em Dois Mundos, de Waldo Vieira, psicografado por Chico Xavier, nos ensina que o perispírito não é reflexo do corpo físico. Confira:

As lesões do corpo físico só terão, pois, repercussão no corpo espiritual se houver fixação mental do indivíduo diante do acontecido ou se o ato praticado estiver em desacordo com as leis que regem a vida.

Ou seja, o que afeta o perispírito é o bem ou mal o que fazemos com o próximo ou com nós mesmos. Além dos exageros, dos vícios, dos pensamentos negativos, ganância, etc.

Existe vale dos tatuados?

De acordo com Celina Sobral, no programa Sem Dúvida, da TV Mundo Maior, não é possível afirmar exatamente se existe vale dos tatuados, vale dos suicidas, já que tudo depende do nosso grau de evolução, da nossa energia.

A comunicadora completou:

O vale dos tatuados, eu acredito, que seja uma colocação dentro de um estudo. Se a pessoa estiver exagerando naquela forma de tatuagem ou em qualquer outra coisa que vá causar um desequilíbrio, aí sim, ela vai para um lugar que vai lhe trazer sofrimento. Isso não quer dizer que se ela fizer uma, duas ou três tatuagens, ela irá para um lugar de sofrimento. Isso vai depender de suas intenções e sentimentos, enquanto encarnado e também como desencarnado.

Celina finalizou:

Então, nada de ter medo de ir pro vale dos tatuados, dos suicidas, não é assim.

Para finalizar, a doutrina espírita nos ensina que o corpo físico é um empréstimo da divindade e que cada um é responsável por seu templo divino. Ou seja, o corpo deve ser preservado e cuidado, e ainda, o espírito deve utilizá-lo para viver as experiências que foram propostas nesta encarnação. A tatuagem só existirá enquanto o corpo físico existir. 

Por isso, tudo o que é feito com exageros é prejudicial não somente para o organismo físico, como também para o espírito. 

Quer saber mais sobre tatuagem e espiritismo? Confira o Mundo Maior Repórter:
Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4

Fonte: Letra Espírita

 

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

leave a reply

WhatsApp chat