Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo: Sede Perfeitos

Podemos aprender a amar aos nossos inimigos? Fazer o bem a aqueles que nos odeiam? Hoje vamos estudar o capítulo 17 do O Evangelho Segundo o Espiritismo para conhecer como podemos alcançar a perfeição

Amar pode ser um desafio às vezes. Em síntese, não é fácil amar aos nossos inimigos e fazer bem a aqueles que nos odeiam. No entanto, O Evangelho Segundo o Espiritismo nos traz uma mensagem de sobre atitudes salutares que podemos praticar no dia a dia. 

Devemos amar não só a família e as pessoas próximas, mas a todos indiscriminadamente. O capítulo 17, intitulado Sede Perfeitos, do Evangelho, revela que somos capazes de mostrar a todas as pessoas o amor que Cristo nos ensinou.  

“Amai os vossos inimigos; fazei o bem aos que vos odeiam e orai pelos que vos perseguem e caluniam. – Porque, se somente amardes os que vos amam que recompensa tereis disso? Não fazem assim também os publicanos? – Se unicamente saudardes os vossos irmãos, que fazeis com isso mais do que outros? Não fazem o mesmo os pagãos? – Sede, pois, vós outros, perfeitos, como perfeito é o vosso Pai celestial”. (S. MATEUS, cap. V: 44-48.)

Este capítulo começa com a frase crística para exemplificar como podemos alcançar a perfeição na qual a humanidade é suscetível. Os espíritos de luz nos esclarecem que a sentença: “Sede, pois, vós outros, perfeitos, como perfeito é o vosso Pai celestial”, não pode ser levada ao pé da letra.

O fato de a criatura ser mais perfeita que seu criador é “inadmissível”, segundo o Evangelho da doutrina dos espíritos. As pessoas as quais Jesus se dirigia na época não entenderiam essa questão, então ele apresentou um modelo para seguirmos.

Quais os passos para alcançar a perfeição?

Caridade

Jesus ensinou que a essência da perfeição é exercermos a caridade de um modo amplo. Este sentimento nos leva a prática de todas as outras virtudes.

Benevolência

A benevolência com os nossos semelhantes se resume na capacidade de sermos bondosos e termos boa vontade com todos ao nosso redor.

Indulgência

Ser indulgente significa ter facilidade em perdoar os erros cometidos pelo próximo.

Amor incondicional

Amar quem te ama é fácil. Porém, o mérito maior é amar quem não lhe ama. Desta forma,  seremos filhos de nosso Pai que faz nascer o sol sobre os bons e os maus. Além de trazer chuva para os justos e os injustos.

Fonte: O Evangelho Segundo o Espiritismo.

 

Para saber mais sobre o evangelho

 

 

 

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

leave a reply

WhatsApp chat