TV Mundo Maior Princípio Vital, segundo A Gênese original de Allan Kardec - TV Mundo Maior

Editorial

Princípio Vital, segundo A Gênese original de Allan Kardec

Enviado em 14 de setembro de 2018 | Publicado por Haila Azevedo

O conceito de princípio vital foi desenvolvido pelo médico Paul Joseph Barthez (1734-1806).

Até então, animistas, como Sthal, propunham que a própria alma dava vida ao corpo, criando a dificuldade de explicar como algo imaterial age sobre a matéria.

Com o objetivo de estabelecer uma ciência do homem, Barthez estabelece a ideia de que, independentemente da alma, algo indefinível, que não a alma, é responsável pelos movimentos orgânicos:

“Eu provarei que o princípio vital explica os fenômenos biológicos e deve ser concebido por meio de ideias distintas das relacionadas como o corpo e a alma”

Então, o princípio vital não explica a causa da vida orgânica, mas a diferença da alma imaterial.

Allan Kardec, nesta obra, faz uso desse conceito para se referir ao fenômeno da vida (princípio vital) como distinto da alma (princípio inteligente).

Kardec faz referência às teorias então voga para explicar os fenômenos do princípio vital.

De um lado, poderia ser “algo distinto, tendo existência própria”.

Na época, a hipótese de uma substância especial constituída especial constituída por átomos indestrutíveis, sem peso, o fluido vital.

Porque essa ideia se baseava por semelhança à teoria do fluido calórico, adotada para explicar o fenômeno do calor. (Os físicos não aceitavam a hipótese do fluido vital, pois.

Diferente do calórico, não apresentava manifestação física que a justificasse).

Para saber mais sobre o assunto, assista:

Fluido vital não existe? – Revolução Espírita

Comments

comments

Deixe seu comentário:


WhatsApp
Clique aqui