TV Mundo Maior O Livro dos Espíritos - Igualdade dos Direitos da Mulher | TV Mundo Maior

Editorial

O Livro dos Espíritos - Igualdade dos Direitos da Mulher

O Livro dos Espíritos – Igualdade dos Direitos da Mulher

Enviado em 9 de março de 2018 | Publicado por TV Mundo Maior

O Livro dos Espíritos é uma das obras codificadas pelo pedagogo Allan Kardec. Porém, o professor teve muita ajuda feminina para concluir a sua missão.

Sua esposa, Amélie Gabrielle de Lacombe Boudet Rivail, é uma das principais mulheres. Ela esteve ao lado de seu marido incentivando e apoiando.

As irmãs Fox, Senhora Plainemaison e Aline Carlotti, são outros nomes de mulheres que fizeram parte da construção do Espiritismo. Encontramos então no Livro dos Espíritos, respostas da Espiritualidade Superior acerca da igualdade de entre homens e mulheres.

O Livro dos Espíritos

No capítulo Da lei de igualdade é possível compreender a igualdade entre as mulheres e os homens.

  1. São iguais perante Deus o homem e a mulher e têm os mesmos direitos?

“Não outorgou Deus a ambos a inteligência do bem e do mal e a faculdade de progredir?”

A diferença que há entre homens e mulheres, é a organização física. Os Espíritos não possuem sexo, e o que determina sua encarnação como mulher ou homem são as provas necessárias para sua elevação.

  1. Donde provém a inferioridade moral da mulher em certos países?

“Do predomínio injusto e cruel que sobre ela assumiu o homem. É resultado das injustiças sociais e do abuso da força sobre a fraqueza. Entre homens moralmente pouco adiantados, a força faz o direito.”

Os preconceitos e a ganância pela dominação do próximo que fazem com que os homens não aceitem as mulheres como iguais. O dia 8 de março é marcado por lutas e manifestações em busca dos direitos iguais, como salários e jornada de trabalho.

  1. Sendo iguais perante a Lei de Deus, devem os homens serem iguais também perante a lei humana?

“O primeiro princípio de justiça é este: Não façais aos outros o que não quereríeis que vos fizessem.”

É importante homens e mulheres se unirem para cobrar uma legislação igualitária e justa, tal qual uma educação eficaz que ensine desde as primeiras séries da escola que não há diferenças, se não as preconceituosas.

 

Para saber mais sobre o assunto, assista:

Mulheres importantes para o espiritismo

 

Fontes: O Livro dos Espíritos, cap. Da lei de igualdade. Imagem ilustrativa retirada de csb.

Escrito por: Ricardo Guelfi de Souza

Estudante de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Estagiário de Marketing na TV Mundo Maior.

Comments

comments

Deixe seu comentário:


WhatsApp
Clique aqui