Ciúme e amor patológico, sob a ótica espírita

Jesus e o Logos

Aldeniz Leite e Claudio Palermo analisam o ciúme e amor patológico. Seria possível definirmos o que é o amor? Quando esse sentimento de amor é patológico? Parece que mulheres experimentam mais o amor patológico, assim, há alguma razão para este comportamento? É normal sentir ciúme? Quando o ciúme se torna um sentimento anormal? Por que muitas pessoas têm dificuldade de sair de relacionamentos conturbados? Quais são os sintomas do amor patológico? Existe tratamento? Como podemos superar o ciúme exagerado? A doutrina espírita pode contribuir para essa recuperação? Veja o programa Jesus e o Logos de hoje.

Leitura complementar

Ciúmes e obsessão quem nunca sentiu?

Quem nunca sentiu uma pontinha de ciúmes que atire a primeira pedra. Ele é um sentimento comum e certamente já surpreendeu a maioria das pessoas.

Diferente do que muita gente imagina, sentimos ciúmes em todos os tipos de relação: amorosa, nas amizades e nas relações familiares. E, quando ele acontece de maneira controlada e saudável, não oferece nenhum risco.

Ciúmes exagerados nada mais são do que a falta de amor próprio. Quando a gente coloca a outra pessoa como prioridade em nossas vidas, ligamos para ela de cinco em cinco minutos

Além disso, temos a necessidade de controlar tudo que o parceiro está fazendo. Dessa forma, isto são alguns fatos para se notar que você está vivendo um relacionamento possessivo.

Existem muitos relatos de relações possessivas que acabaram se tornando uma obsessão de encarnado para encarnado. É muito comum isso, infelizmente.

Mas nada que se possa melhorar e mudar, com muita conversa, conselhos e, se for necessário, procurar uma terapia para o casal ou algum psicologo. Se ame para que seu parceiro lhe ame também e, com isso, os dois terão sempre algo de bom a acrescentar na relação!

Texto publicado em 29 de novembro de 2016. 

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

deixe um comentário

WhatsApp chat