Cap. 1 da Gênese: Natureza da Revelação Espírita

Podemos considerar o espiritismo uma revelação?

Nesse caso, qual é seu caráter? Em que se baseia sua autenticidade ? A quem e de que maneira ela foi transmitida?

A doutrina espírita é uma revelação no sentido litúrgico da palavra, ou seja, em todos os pontos o resultado de ensino oculto vindo do Alto?

Todas as ciências que nos fazem conhecer os mistérios da natureza são revelações e se pode dizer que existe para a humanidade uma revelação incessante.

O caráter essencial de toda revelação deve ser a verdade. Revelar um segredo é fazer conhecer um fato; se algo é falso, não é um fato e, por consequência, não existe revelação. Toda revelação desmentida pelos fatos.

Os homens progridem incontestavelmente por eles mesmos e pelos esforços de sua inteligência; mais liberados a suas próprias forças, esse progresso é muito lento se não forem ajudados por homens mais avançados como o escolar está para o professor.

Todos os povos têm tido seus homens de gênios que vieram, em diversas épocas, dar um impulso e os tirar de sua inércia.

Pois esses gênios que aparecem através dos séculos como estrelas brilhantes deixam atrás de si uma longa trilha luminosa sobre a humanidade, são missionários ou se quiserem, messias.

Caso ensinassem aos homens somente o que já sabem, sua presença seria completamente inútil. Assim as coisas novas que ensinam, de ordem física ou filosófica, são revelações.

Mas se Deus promove reveladores para as verdades científicas, também pode, com maior razão, promovê-los para as verdades morais, que são elementos essenciais ao progresso.

Porque Tais são os filósofos, cujas ideias atravessam os séculos.

Porque as comunicações desse tipo nada têm de estranho para quem conhece os fenômenos espíritas e a maneira pela qual se estabelecem as relações entre os encarnados e os desencarnados.

Então as instruções podem ser transmitidas por diversos meios:

Pela inspiração pura e simples, pela audição da palavra, vendo os espíritos instrutores durante as visões e aparições seja durante o sono, seja no estado de vigília, tal como se veem vários exemplos na bíblia, no Evangelho e nos livros sagrados de todos os povos.

Para saber mais, assista:

Porque a esposa de Kardec não impediu a adulteração de A Gênese? – Livre Pensamento

Texto escrito por: Haila Vicente

Graduada em Rádio, TV e vídeo na FIAM FAAM – SP , assistente de mídias sociais na TV Mundo Maior.

Formada no curso de Orientação e Educação Mediúnica no Grupo Espírita GEBEM – Guarulhos SP.

Nas horas vagas gosta de assistir filmes, séries, ler livros, estar com a família e amigos.

@hailavicente

 

 

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

leave a reply

WhatsApp chat