Amor ao próximo, o perdão às ofensas e a caridade, eis a essência do espiritismo

Para descobrirmos a essência do espiritismo, precisamos lembrar de sua origem. Foi nos anos de 1850 que o professor Denzard Rivali (que depois ficou conhecido como Allan Kardec) decidiu estudar uma situação específica: as mesas girantes.

Tratava-se de um encontro em que pessoas entravam em contato com espíritos, que respondiam a perguntas batendo com a mesa no chão algumas vezes indicando “sim” ou “não”. O professor ficou convencido de que não existia charlatanismo na história e passou a estudar o tema. Foi então que trouxe o esclarecimento de que os espíritos têm muito o que nos ensinar e contar sobre o plano espiritual.

A partir de conversas com os espíritos e com os resultados de suas apurações, ele escreveu “O Livro dos Espíritos” e depois outras obras que, juntas, formam a literatura básica da Doutrina Espírita: “ O Livro dos Médiuns”, “O Evangelho segundo o Espiritismo”, “O Céu e o Inferno” e “A Gênese”, com as quais ele busca esclarecer o que é o espiritismo e a Doutrina Espírita.

Segundo o próprio Allan Kardec, a doutrina trata “da natureza, origem e destino dos espíritos, bem como de suas relações com o mundo corporal e as consequências morais que dela emanam”.  O que o espiritismo mais prega é o amor ao próximo, o perdão às ofensas e a caridade. Já dizia o professor: “fora da caridade não há salvação”. Focando principalmente no aperfeiçoamento moral do homem, inclusive, para nós espíritas, a reencarnação é exatamente uma maneira de nosso espírito aprender e evoluir. Cada vida que temos nos ensina algo importante para nossa evolução final. “Nascer, viver, morrer e renascer de novo, progredindo sempre. Tal é a lei”, disse Allan Kardec.

Mas se reconhece o verdadeiro espírita através da sua evolução moral, e a alma do espiritismo, resume todos os deveres do homem para consigo mesmo e para com os seus semelhantes, razão por que se pode dizer que não há verdadeiro espírita sem caridade. Temos que ajudar ao próximo, sem motivos, sem prós nem contras, apenas pelo amor. Não podemos se deixar levar pelos seus pecados particulares, e tornar isso um motivo para não estender a mão. Porque a caridade, nada mais é que o amor em movimento. Ela é retratada na história da humanidade com personagens memoráveis, como o mestre Jesus, e assim sonhamos tê-la connosco. O grande problema é de conquistar: ela não se compra nem se transfere de uns para outros. Adquire-se, construindo-a.

(Fontes: Astro Centro e Imagem Freepikhttps)

Para saber mais sobre o assunto, assista:

O que é espiritismo? – Sem Dúvida 

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

deixe um comentário

WhatsApp chat