7 dicas de como dar apoio emocional para uma pessoa

Precisamos falar sobre suicido e também falar sobre saúde mental e os transtornos mentais que ainda são tratados com tabú. Muitas vezes pessoas do nosso meio de convivência, próximas ou não, estão passando por problemas emocionais e você não sabe, não percebeu ou, e principalmente, não sabe como lidar. 

Primeiramente é preciso ter empatia. A empatia trata-se de abnegar-se de si próprio momentaneamente e colocar-se no lugar do outro, é compreender os sentimentos e todos os aspectos bons e ruins que aquela pessoa esteja expressando. É abandonar naquele momento suas próprias crenças, emoções e expectativas para ouvir e dar apoio emocional. 

Tarefa difícil não é mesmo? Por isso separamos para você 7 dicas de como dar apoio emocional para uma pessoa que esteja emocionalmente frágil ou esteja passando por algum transtorno mental: 

Mantenha a calma

Este é um momento de muitas emoções e sentimentos, está difícil e confuso para todos. Entrar em desespero ou perder a paciência não irá ajudar ninguém.  Tenha calma e paciência para lidar com a pessoa.

Não julgue nem negue o problema

Não julgar é uma virtude muito importante e o primeiro passo para termos empatia. Julgar, negar ou minimizar os problemas emocionais ou transtornos que uma pessoa esteja enfrentando pode atrapalhar. Não brigue nem fale baseado em suas crenças pessoais. Se não conseguir dizer nada, apenas ouça. 

Não se coloque na história

Não se coloque na história do outro, não se coloque como referência. Não diga sobre seus problemas e o como eles o afetam. Aquele momento é de empatia e acolhimento do próximo. Cada um tem seu tempo e seu entendimento da situação. O que pode ter funcionado com você, pode não funcionar com a outra pessoa. 

Ouça atentamente a história do próximo

Ser uma pessoa empática não significa concordar com tudo, mas ouvir baseado no ponto de vista e na história do outro. É importante dialogar baseado no que o outro está dizendo. Como é preciso ter uma escuta atenta e calma, se não estiver disponível naquele momento, peça com gentileza que a pessoa o procure assim que possível.  

Faça a pessoa refletir

Baseado na conversa e no que a pessoa está passando, faça ela refletir sobre o futuro e as demais possibilidades, objetivos, sonhos, desejos. Faça com que ela queira caminhar até lá. Ah, e mostre que está disposto a ajudá-la nesse processo.

Acolha a pessoa e demonstra vontade de ajudar

Muitas vezes a pessoa está se sentindo sozinha, então mostrar que está disposto a ajudá-la e que está acolhendo ela é fundamental. Não apenas com palavras, mas com ações. Realize atividades com a pessoa, esteja inserido nos contextos que ela está vivendo. E lembre-se, sem impaciência. Esteja presente. 

Informe-se e leve ajuda

É claro que um apoio emocional não é a ajuda médica profissional que a pessoa precisa. Então é importante você se informar sobre transtornos mentais, como a depressão por exemplo, e como ajudar a dar um apoio emocional.

Mas além disso, a pessoa que está passando por questões psicológicas hesita em buscar ajuda, não tem esperança, é tudo muito difícil para ela. Não deixe que ela resolva isso sozinha. Ajude ela a marcar uma consulta, disponha a fazer companhia para ela, esteja junto neste momento difícil. Divida toda a carga que a pessoa está passando. Incentive a pessoa a seguir as orientações médicas. Esteja presente e leva ajuda. 

Dica extra

O CVV – Centro de Valorização da Vida, também proporciona apoio emocional. Ligue para 188 ou acesse cvv.org.br 

O apoio emocional da Rádio Boa Nova e da TV Mundo Maior

Os comunicadores da Rádio Boa Nova e TV Mundo Maior, além de transmitirem os ensinamentos da doutrina espírita, muitas vezes são base para esse apoio emocional que algumas pessoas tanto precisam. 

Programas como Psicoevangelizando, com Deusa Samú, Jesus e o Logos, com Aldeniz Leite, e Nova Mente, com João Lourenço, são exemplos de alguns programas que possuem a frente comunicadores que são profissionais da área da saúde mental. 

Mas ainda temos outro programa, o Pronto Atendimento, que reúne equipes que estão prontas para responder às perguntas do público e auxiliar com alguma palavra de consolo. 

Confira a programação de alguns desses programas: 

  • Segunda, às 10h – Psicoevangelizando
  • Quinta, às 11h –  Jesus e o Logos
  • Sexta, às 16h – Nova Mente
  • Segunda à sexta, às 17h e sábado à 14h – Pronto Atendimento 

Confira um depoimento de um ouvinte no programa Pronto Atendimento: 

Fontes: UOL| Drauzio Varella | Drauzio Varella

 

 

Escrito por: Ricardo Guelfi de Souza

Estudante de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Assistente de Mídias Sociais na TV Mundo Maior e apresentador do Podcast Direito de Ser da Rádio Boa Nova.

 

 

Faça uma doação pelo site: feal.colabore.org

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

leave a reply

WhatsApp chat