TV Mundo Maior Anjos, a criação divina ou a evolução perfeita? - TV Mundo Maior

Artigos

Anjos, a criação divina ou a evolução perfeita?

Enviado em 14 de agosto de 2017 | Publicado por TV Mundo Maior

Ao longo da história encontramos a presença de uma figura espiritual elevada que seria um mensageiro de Deus ou nosso protetor que nos orienta ao longo da vida.

Conhecido como Anjos, que vem da palavra grega Angelos, o mensageiro, são considerados por muitos a criação perfeita de Deus. Mas então,  pertenceriam esses seres à uma categoria diferente dos espíritos?

“Não; são os Espíritos puros: os que se acham no mais alto grau da escala e reúne todas as perfeições.”

Essa foi a resposta obtida por Allan Kardec, que fez algumas perguntas sobre anjos e demônios  no Livro dos Espíritos nos permitindo entender mais acerca do assunto. Podemos entender como anjo o espírito puro no ápice da evolução, um espírito que já percorreu todo o caminho de aprendizado, seja com mais ou menos tempo e que hoje levam a luz de Deus, por isso mensageiros.

Os espíritos ressaltam que a criação da figura Anjo, já perfeita é uma concepção errada gerada pela mente humana que se limita  apenas à existência desse mundo, porém mesmo antes da criação desse planeta espíritos já teriam alcançado sua evolução e pureza. A partir dessa premissa tomamos ciência que Deus,assim como não criou os Anjos perfeitos, não criou nenhum “Demônio” com a predestinação ao mal, conotação essa inserida pelos primeiros textos cristãos.

Para nos inteirarmos mais sobre esses espíritos maléficos pegamos a origem da palavra demônio. Oriunda do grego Daimon e latim Daemon, ambas referem-se ao espírito, a inteligência, ao protetor. A palavra demônio tem sua equivalência no significado de Gênio, encontrado nas escritas árabes Jinn, vinda do Latim Genius, que simboliza esse espírito guardião com a missão de nos proteger desde o início da vida.

O ser humana criou alegoricamente categorias e visuais para conseguir assimilar os espíritos, a cadeia de evolução e o livre arbítrio que está diretamente ligada a sua ascensão ou não a luz de Deus. Portanto anjos, demônios ou gênios, são espíritos, que poderam nos auxiliar a evolução nos protegendo e iluminando, assim como podem nos perturbar, cabe a nós discernir as escolhas e nos aproximar de Deus através de espíritos iluminados que cumprem a missão angélica do amor.

 

Fontes: Livro dos Espíritos,de Allan Kardec- Perguntas de 128 à 131. ceismaelgramaticaorigemdapalavra. Imagem retirada de wikispaces 

 

*Este texto é de responsabilidade de seu autor. Não representa necessariamente a opinião da TV Mundo Maior.

Escrito por: Ricardo Guelfi de Souza

Estudante de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Estagiário de Marketing na TV Mundo Maior.

 

Para saber mais sobre o assunto, assista:

Presença Espírita na Bíblia –  Anjos e demônios

Parte 1

Parte 2

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui