TV Mundo Maior Psicografia e os tipos de médiuns - TV Mundo Maior

Evangelho e Reforma Íntima

Psicografia e os tipos de médiuns

Psicografia e os tipos de médiuns

Enviado em 22 de junho de 2018 | Publicado por Leticia Lopes

Psicografia (do grego psyché, alma, e graphô, eu escrevo) – transmissão do pensamento dos Espíritos por meio da escrita, pela mão de um médium, segundo definição do locutor do programa Livre Pensamento, Claudio Palermo.

“No médium escrevente a mão é o instrumento, mas sua alma, ou o espírito nele encarnado é o intermediário ou o intérprete do Espírito estranho que se comunica”, complementa Palermo.

Assim, uma técnica muito utilizada no meio espírita para descrever o que um espírito desencarnado quer dizer é a psicografia. Nesse método é usado a própria mão do médium para tal feito.

Existem muitas formas de se comunicar com desencarnados para transmitir as mensagens espíritas. No entanto, segundo o Livro dos Médiuns, escrever à mão é a maneira mais fácil de ter relações mais duradouras, cômodas e rotineiras com os espíritos.

“A escrita tem sobretudo a vantagem de demonstrar de maneira mais material a intervenção de uma potência oculta, deixando traços que podemos conservar, como fazemos com a nossa própria correspondência”.

O codificador do espiritismo, Allan Kardec, fala sobre os tipos de médiuns 

  • Médiuns de efeitos físicos 

Esse tipo de pessoa tem como característica principal ser apto a desenvolver fenômenos materiais. Eles podem mover objetos e realizar ruídos dos mais variados. Além disso, são dotados de uma eletricidade natural. Kardec disse que eles podem alinhar sua energia elétrica a mediunidade e serem médiuns de efeitos físicos.

 

  • Médiuns sensitivos ou impressionáveis 

Esse médium possui a habilidade de sentir impressões dos espíritos ao seu redor como se fossem uma roçadura sobre o seu corpo. É um tipo de mediunidade que se desenvolve pelo hábito. É necessário também treinar o médium no sentido dele saber se o que se aproxima é um bom ou mau espírito.

 

  • Médiuns audientes

Como o próprio nome diz, estes médiuns ouvem o que os espíritos dizem. É uma voz no íntimo que fala na mente deles como uma pessoa viva falaria. Para ouvir os espíritos mais salutares, este médium precisa estudar a doutrina espírita, principalmente, no que diz respeito a obsessão.

 

  • Médiuns falantes 

Os médiuns audientes transmitem o que ouvem por meio da ação do espírito sob os seus órgãos da palavra. Assim, é a mesma maneira que os médiuns escreventes transmitem as seus mensagens por meio da escrita.

 

  • Médiuns videntes

Assim, se designam os médiuns que conseguem visualizar os espíritos. Alguns veem qualquer espírito, outros somente os que eles evocam, Esta faculdade se desenvolve naturalmente, não é preciso forçá-la.

  • Médiuns sonâmbulos 

Um espírito pode se comunicar por um sonambulo. Ele expressa sua mediunidade por meio do do seu próprio espírito. Muitos veem espíritos como os médiuns videntes.

 

  • Médiuns curadores

Alguns médiuns possuem o poder de curar somente com o toque, olhar ou mesmo por um gesto.

 

  • Médiuns pneumatógrafos

Os médiuns escreventes são capazes de realizar escritas diretas. Esta faculdade mediúnica pode se desenvolver por meio do exercício.

 

Assista o vídeo da semana: Pluralidade dos Mundos Habitados – Livre Pensamento

Fonte: O Livro dos Médiuns.

Psicografia

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui