Editorial

Vidas Passadas: por que não recordamos?

Enviado em 16 de janeiro de 2017 | Publicado por TV Mundo Maior

Allan Kardec diz: “Desconhecemos a origem e o modo de criação dos Espíritos; apenas sabemos que eles são criados simples e ignorantes, isto é, sem ciência e sem conhecimento, porém perfectíveis e com igual aptidão para tudo adquirirem e tudo conhecerem.”

Somos tomados algumas vezes pela curiosidade de saber sobre nossas encarnações anteriores, quem fomos, o que fazemos  ou com quem convivemos. Mas Deus em sua grandiosa sabedoria, fez tudo como deve ser feito, se não sabemos de algo nesse momento é porque realmente não temos necessidade do conhecimento ainda. Reencarnar é a chance de um novo início, de darmos sequência na nossa caminhada evolutiva. Temos a oportunidade e voltarmos e muitas vezes de conviver com os mesmos espíritos que nos eram próximos em encarnações anteriores,assim se preciso for temos uma nova chance de reparar o mal que a eles fizemos.

André Luiz, no livro “Mecanismos da Mediunidade” explica que: “Temos, hoje, o Espírito por viajante do Cosmo, respirando em diversas faixas de evolução, condicionados nas suas percepções, à escala do progresso que já alcançou”. E que tal progresso, estampado no campo mental de cada alma, vai ser condicionado por duas variantes: o tempo de evolução, ou seja, aquilo que a vida já lhe deu, e o tempo de esforço pessoal na construção do destino, ou seja, aquilo que ele próprio já deu à vida.

Mas e se daqui há muitos anos, se ao regressar para uma nova encarnação e tivesse a oportunidade de relembrar o que tem feito da sua vida atualmente, teria orgulho de suas recordações?

Para saber mais sobre o assunto, assista:

“Lembranças de vidas passadas –  A Caminho da Luz”

Parte 1

Parte 2

 

Parte 3

Parte 4

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui