Editorial

Prosperidade em todos os sentidos da Vida

Enviado em 2 de janeiro de 2017 | Publicado por TV Mundo Maior

O pensamento popular define prosperidade como sucesso financeiro, ou aquele estado em que o dinheiro e os bens materiais chegam abundantemente. Na verdade, o significado é bem abrangente, engloba sim, o dinheiro e tudo que ele pode comprar, mas se utilizarmos a felicidade como sinônimo principal de prosperidade, podemos também dizer que há a prosperidade profissional, espiritual, social, familiar e por aí em diante.

A prosperidade se movimenta incessantemente

Quando estamos focados na abundância da vida e despreocupados com o dinheiro, a riqueza começa a fluir. A fartura é resultado de uma lei que rege a vida. Para que esta força inesgotável nos acompanha é preciso que nossos sensores internos estejam ajustados ao ritmo gracioso da abundância. Quando você direciona os seus pensamentos para a energia da abundância, você começa a ajustar suas crenças e as atitudes tomam o rumo que a riqueza está tomando. A prosperidade corre por um fluxo rápido e positivo, por isso concentre suas afirmações por este caminho e este fluir o seguirá também.

Todas as nossas limitações atuais têm sua razão de ser, todas elas são oportunidades de aprendizado, são meios que a vida nos oferece de aprendermos lições em assuntos que falhamos no passado. Se alguém nasceu pobre, conheceu fome e miséria, isso não quer dizer que tenha que ser sempre assim. A expiação só é necessária até haver o aprendizado. Se há a harmonização com o dinheiro, se ele passa a ser visto como meio e não como fim, não há porque permanecer na pobreza.

O mundo oferece oportunidades para todos. Claro que existe muita desigualdade, muito preconceito, muito desconhecimento por parte das camadas mais pobres da população. Mas é possível vencer a pobreza e as dificuldades mesmo em condições menos propícias. Há muitos casos de pessoas que vivem com recursos financeiros escassos e que mudaram sua situação , assim como há muitos casos de ricos que acabaram nas ruas, por má gestão de seus recursos e por falta de planejamento.

Para viver bem, feliz e próspero:

Precisamos conhecer-nos, saber o que pensamos, no que acreditamos, saber quem somos. Embora é algo sugerido há muito tempo por elevados espíritos, não damos o devido valor a esse quesito. Embora possa parecer difícil, não é tanto assim. É necessário, porém, dedicação de nossa parte.

Para saber mais sobre o assunto assista:

“Prosperidade e Espiritismo – Oficina da Mente”

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui