Editorial

Pensando em mim

Enviado em 18 de novembro de 2016 | Publicado por TV Mundo Maior

abrac3a7o1

Egoísmo? De forma alguma. Ocorre que tantas coisas foram acontecendo no mundo desde que me conheço por gente que fui me questionando cada vez mais. Certas vezes fui idealista, no sentido juvenil mesmo da coisa. Acreditando que poderia mudar o mundo, levantei bandeiras. Frustrado, passei pela fase da descrença, quando notei que a minha simples vontade por essa mudança, em si, nada mudaria. Vieram ansiedade, depressões, a fase em que apertamos aquele famoso botão. Mas o vazio continuava, a fome interior por encontrar um caminho que me apontasse um destino e que, ao mesmo tempo, me dissesse de onde eu vim e principalmente… para quê.

O mundo foi sofrendo mudanças, muitas delas gerando as melhores expectativas (não me esqueço do aperto de mãos entre Yitzhak Rabin e Yasser Arafat sob o olhar esperançoso de Bill Clinton, ou da cobertura jornalística intensa a respeito da “Queda do Muro de Berlim” e reunificação da Alemanha). Por outro lado, fatos ocorreram que nos traziam de volta os maiores fantasmas.

No âmbito mais restrito, fui sendo uma personagem conflitante de minha própria história, buscando fazer a diferença, no trabalho, em casa, na vizinhança. Mas durante muito tempo não percebia que, se quisermos de verdade fazermos a diferença, precisamos ir muito mais a fundo. Precisamos fazer a viagem mais longa e mais importante de nossas vidas. A viagem interior, para dentro de nós mesmos.

Apontar o dedo para as mazelas do mundo, para as coisas que, em nossa curta visão, estão erradas, não fará nada mudar. A única coisa que podemos (e devemos) mudar constantemente é o nosso ser, através do aprimoramento pessoal, por meio de uma busca incessante de conhecimento e da reforma íntima. “Conhece-te a ti mesmo”. A velha máxima grega do Templo de Apolo e que foi compartilhada por tantos sábios como Juvenal e Sócrates e que foi ainda ratificada por Jesus de uma outra maneira (“O reino dos céus está dentro de vós”), não poderia ser ignorada. Todos os nossos desafios, nossas insatisfações, frustrações, angústias ou depressões somente poderão ser resolvidas na nossa esfera pessoal, por meio do aperfeiçoamento de nossas capacidades de se relacionar, a priori conosco mesmos, e a posteriori, mas não menos importante, com nosso semelhante. Melhorando nossas relações humanas e fazendo delas um valioso elemento de transformação social. Nos tornando exemplos aos que nos rodeiam, não por vaidade, mas por mera racionalidade e em alinhamento com O Grande Arquiteto do Universo, pois cá Ele nos colocou com esse Objetivo Maior, agindo de forma mais caridosa e fraternal em nosso dia a dia, quer seja no trabalho, na rua, no mercado ou no ambiente familiar.

A busca pela espiritualidade e pelo autoconhecimento nos tornará aptos a sermos líderes plenos na vida. Pois liderança não é um desafio apenas para quem exerce um cargo numa empresa, mas é sim, uma capacidade inata que todos temos de forma latente e que basta despertarmos dentro de nós, para que assim, vivamos de forma a conduzir o nosso destino, a despeito da maneira como os desafios são lançados a nós. Devemos começar por sermos líderes de nós mesmos, combatendo nossa preguiça com motivação, anulando nossas objeções e eliminando nossos pré-conceitos com o conhecimento, reduzindo nossas falhas com o estudo e o aprendizado constantes e desenvolvendo as nossas habilidades que todos nós, creio eu possuímos, pois Deus é justo. Deixemos de lado o famoso botão, paremos de reclamar e tomemos as rédeas de nosso destino com amor pela vida, livres de vaidades, preconceitos, ódio e ressentimentos.

Sejamos nós a mudança que queremos ao mundo.

*Este texto é de responsabilidade de seu autor. Não representa necessariamente a opinião da TV Mundo Maior.

 

DuilioTexto escrito por Duilio Moraes

Duilio é radialista, graduado em Tecnologia em Processamento de Dados, com mais de 15 anos de experiência no setor bancário e atualmente trabalha como Coordenador Administrativo e Financeiro da TV Mundo Maior, tendo atuado também na Produção Executiva do longa “Causa e Efeito” do diretor André Marouço.

 

 

 

Pensando em mim: Reforma Intima

 

Assista aqui o programa “A caminho da luz” que diz sobre Reforma Íntima:

 

 

 

 

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui