TV Mundo Maior Ostentação é o tema do último Mundo Maior Repórter de 2014 - TV Mundo Maior

Editorial

Ostentação é o tema do último Mundo Maior Repórter de 2014

Enviado em 5 de dezembro de 2014 | Publicado por TV Mundo Maior

Você já deve ter ouvido falar em Funk Ostentação. Estilo musical que já atrai mais de 2,8 milhões de fãs e tem em suas letras a exaltação do consumo e a exibição de suas conquistas, como carros, bebidas e mulheres. No último Mundo Maior Repórter deste ano, iremos tratar do principal mote deste ritmo: a ostentação. Por que, para muitos, melhor do que ter é ostentar? Quais os perigos deste comportamento para o espírito?

No livro psicografado por Divaldo Franco – Loucura e Obsessão – temos a seguinte passagem: “A violência, na atualidade, além dos fatores econômicos, sociológicos e psicológicos também têm gênese na indiferença dos que possuem, em relação àqueles que precisam. A ostentação campeia, absurda, ferindo a miséria que, revoltada, se arma de agressividade; o desperdício cresce, humilhando a escassez.”. Diante a essa reflexão de Divaldo, podemos inferir que a ostentação é uma espécie de bulliyng social? E por que Deus concedeu a alguns a riqueza e o poder e a outros, a miséria?

Além de conhecer o universo do “novo funk” paulista, iremos mostrar que a ostentação não é exclusividade de uma classe social ou de um ritmo. E não é só dinheiro os motivos de tanta exibição. As redes sociais, por exemplo, são verdadeiras vitrines de pessoas felizes e realizadas. Neste universo, todos são bem-amados, comem nos melhores restaurantes, usam as marcas mais famosas, são turistas em tempo integral, malham com regularidade e, claro, fazem questão que todos saibam disso. Mas por que nossa sociedade passou a valorizar tanto os bens materiais? Houve uma inversão de valores ou sempre fomos assim?

De acordo com um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Global, cerca de 48% dos brasileiros medem seu sucesso pelas coisas que têm. O número é bem maior que a média mundial. Ficamos atrás apenas da China, com 71%, a Índia, 58%, e a Turquia, com 57%. Será que há uma força espiritual contrária ao progresso que incentiva o materialismo entre os encarnados no Brasil?

Essas e outras questões serão debatidas pela psicopedagoga Marisa Alem, pela expositora espírita Heloísa Pires, pelo escritor Manolo Quesada e pelo guia espiritual hare krishna Marahaj Mangal, no Mundo Maior Repórter,dia 13 de dezembro, às 18h30, na TV Mundo Maior.

Confira a chamada do programa!

 

[youtuber youtube=’http://www.youtube.com/watch?v=aqo5BsiggFU’]

 

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui