TV Mundo Maior Maternidade obsessiva - TV Mundo Maior

Editorial

Maternidade obsessiva

Enviado em 7 de novembro de 2017 | Publicado por TV Mundo Maior

Mãe, o primeiro contato do espírito em sua nova encarnação. As mães alimentam, dedicam noites e noites em cuidado dos filhos e entregam o amor incondicional.

Mas não estamos num Conto de Fadas e esse amor infelizmente não é regra. Há muitas mães na vida real que ocupam o papel da madrasta má, presente nas histórias infantis.

Casos em que a vaidade e a inveja estão sobrepostos ao papel de cuidado e amor de uma mãe. Agressões físicas e psicológicas de mulheres com raiva de suas próprias filhas. O momento em que a filha não pode ser melhor que mãe.

Estudos, amigos, relacionamentos e até mesmo o corpo são elementos que despertam a fúria e o revés de maternidade obsessiva. Esses casos de obsessão entre encarnados geram traumas espirituais e são grave por serem da mesma família, mãe e filha.

Pode ocorrer também uma obsessão pela projeção ocasionada da frustração, ou seja, uma mãe que obriga a filha a seguir exatamente seus comandos, caminhos que a mãe não conseguiu traçar em sua juventude.

As encarnações são sempre aprendizados, caberá a mãe e a filha superarem as dificuldades e aprenderem, além de terem a certeza de muitas encarnações para juntas evoluírem da melhor forma.  

 

Para saber mais sobre o assunto, assista:

Dualidade: Maternidade nos dias de hoje

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Fontes: youtubeilhasdemaesnarcisistas. Imagens ilustrativas retiradas de wordpressdress24h.

 

*Este texto é de responsabilidade de seu autor. Não representa necessariamente a opinião da TV Mundo Maior.

Escrito por: Ricardo Guelfi de Souza

Estudante de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Estagiário de Marketing na TV Mundo Maior.

 

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui