TV Mundo Maior Jesus Cristo Segundo o Espiritismo - TV Mundo Maior

Editorial

Jesus Cristo Segundo o Espiritismo

Enviado em 20 de dezembro de 2016 | Publicado por TV Mundo Maior

Jesus era um espírito como nós, mas com um grau de evolução muito longe da nossa realidade, mas isso não quer dizer que somos inferiores a ele, se fossemos causaria uma distância muito grande dele com nós e não foi isso que ocorreu quando ele encarnou na terra, tinha um vínculo muito grande com os cidadãos da época.

Não há um “endeusamento” a Jesus, mas sim um reconhecimento pois como diz a doutrina espírita no Cap.1 de O livro dos espíritosJesus é o espírito mais puro que veio a terra, com isso é nosso maior guia e modelo a ser seguido”.

Diz também Paulo de Tarso sobre Jesus “Não existe um homem que não pecou, não existe um homem bom, apenas Jesus nunca pecou.” Então realmente é um espírito acima de média, um espírito de uma esfera crítica que caminhou entre nós, num exemplo de amor nunca visto antes.

Não era necessário para Jesus encarnar no nosso planeta terra, ele veio apenas por nós, para mostrar as leis divinas, para passar seus ensinamentos e seguir os seus passos junto com nosso pai que é Deus.

Em João 12:47  temos as seguintes palavras de Jesus: “E se alguém ouvir as minhas palavras e não crer, eu não julgo; porque eu não vim para julgar mas para salvar o mundo”.

Jesus não era dotado de algo sobrenatural, mas na realidade ele tinha, capacidade, recursos, inteligência, habilidades, evolução moral e intelectual, desenvolvida a milênios atrás.

Onde e como ele conseguiu evoluir tanto, não podemos nem imaginar, pelo fato de nossa evolução encarnatória que está muito abaixo da dele.

Encare a vida de acordo com os ensinamentos de Jesus, você pode sim se comparar a ele com humildade, seguir seus ensinamento e deixar que ele guie seus passos que é a melhor opção sempre.
Para saber mais sobre o assunto assista ao programa “Mundo Maior Repórter” que diz sobre: 

Jesus Cristo Segundo o Espiritismo – Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui