Editorial

Incômodos durante a gravidez

Enviado em 3 de agosto de 2015 | Publicado por TV Mundo Maior

Particularmente eu não tenho do que reclamar, minhas duas gestações foram extremamente tranquilas. Sabe aqueles enjôos, mal estar, vontades malucas que fazem o marido sair de casa de madrugada? Não tive nada disso, mas não é porque eu não tive que não vi minhas amigas passarem por várias dessas situações.

A única coisa que tive foi azia. Nossa, no final então tinha vontade de tomar o vidro inteiro de hidróxido de alumínio de tanta azia que sentia. As pessoas diziam que era porque a minha filha ia nascer cabeluda. Mentira! Ela nasceu careca!!!

Para falar que eu não tive vontade de comer nada, eu quis comer bolo com recheio de doce de leite e cobertura de glacê e matei minha vontade no chá de bebê da Victória.Esses incômodos acontecem por causa das grandes mudanças hormonais no corpo da mulher, algumas sentem e outras não. Afinal, como pode um óvulo e um espermatozóide se unirem e depois virarem um ser humano? É muito incrível.

Nós nem percebemos esses acontecimentos, eles são tão sutis no começo que a mulher vai se dando conta aos poucos de que pode estar grávida.As náuseas, principalmente as matinais, devem ser terríveis, nada para no estômago e, muitas mulheres, ao invés de engordarem, emagrecem.O importante é que tudo isso vai passar e a grande recompensa de tantos dias passando mal chega com o nascimento do bebê. São as nossas maiores riquezas que aceitaram na espiritualidade viver essa encarnação ao nosso lado.

“Honrarás a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dará.” (Decálogo, Êxodo, XX:12)

Confira o interessante  vídeo “Os incômodos que aparecem durante a gestação”

 

pollyTexto escrito por Pollyana Pinheiro

Mãe da Victória e do Matheo trabalha na TV Mundo Maior desde 2006. Coordenadora de Produção, é formada em Rádio e TV pela Universidade São Judas Tadeu e Produção Executiva pela Academia Internacional de Cinema.A maternidade mudou a sua vida e sua maneira de pensar. Adepta a humanização do parto, adora discussões sobre gestação, parto e cuidar de seus filhos.

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui