Editorial

A fome no mundo e os animais

Enviado em 16 de junho de 2015 | Publicado por TV Mundo Maior

No fim do mês de Maio, saiu uma reportagem na IstoÉ referente ao relatório da ONU mostrando que mais de 790 milhões de pessoas ainda são afetadas pela fome no mundo todo. Qual é a responsabilidade que nós espíritas temos com esta inquestionável desigualdade social?

Kardec tão contemporâneo já em 1857, na questão 720 do Livro dos Espíritos indaga: “São meritórias aos olhos de Deus as privações voluntárias, com o objetivo de uma expiação igualmente voluntária?” e a resposta: “Fazei o bem aos vossos semelhantes e mais mérito tereis.” na questão 724 ele complementa “Será meritório abster-se o homem da alimentação animal, ou de outra qualquer, por expiação?” e a resposta como sempre coerente com os fatos, o espírito da verdade nos mostra: “Sim, se praticar essa privação em benefício dos outros (…)”.

Através dos dados da EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) mais de 80% da produção nacional de milho e soja e mais de 70% da produção mundial de aveia do mundo vai para a criação de gado. Se estes alimentos fossem distribuídos entre as pessoas ao invés de alimentar os animais de abate, não teríamos a desigualdade e de fato teríamos um mundo mais fraterno e verdadeiramente justo para todas as criaturas.

A título de curiosidade duas das maiores organizações internacionais que combatem a fome, a Plenty Internacional e Food For Life Global, oferecem milhões de refeições vegetarianas e veganas (sem nenhum ingrediente de origem animal tais como carnes, ovos e leite) para pessoas de países subdesenvolvidos, porque economicamente é a opção mais viável, a mais sustentável e indiscutivelmente mais ética.

Bezerra de Menezes através de Chico Xavier disse: “Quando a caridade é muito discutida o socorro chega tarde”. Tenhamos portanto a urgência de modificar nossos hábitos alimentares para colaborar com a extinção da fome e da “crueldade com que nós até hoje pautamos as relações com nossos irmãos menores”, nas palavras do Espírito Emmanuel no livro Alvorada do Reino.

 

Confira este interessante vídeo “Uma vida interligada”

Ana Paula TalaveraTexto escrito por Ana Talavera:

Publicitária, ativista e vegana, atua com projetos sociais nos Criativos do Bem. Trabalhou no Instituto Nina Rosa – projetos por amor à vida, organização sem fins lucrativos produzindo materiais educativos sobre defesa animal, educação humanitária e veganismo. É aluna do curso de Espiritualidade dos Animais na ASSEAMA (Associação Espírita Amigos dos Animais) e integrante da banda Sol de Outubro de São Paulo/SP.

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui