TV Mundo Maior Espíritos Evoluídos já encontraram a felicidade plena? - TV Mundo Maior

Editorial

Espíritos Evoluídos já encontraram a felicidade plena?

Enviado em 12 de junho de 2017 | Publicado por TV Mundo Maior

Primeiro vamos ver um pouco sobre a escala espírita que está no Livro dos Espíritos:

  • 1ª Ordem: (Os que já alcançaram a perfeição) 1ªClasse: Puros.
  • 2ª Ordem: (Predomínio do espírito sobre a matéria; desejo de fazer o bem) 2ªClasse: Superiores; 3ªClasse: Espíritos de Sabedoria; 4ªClasse: Sábios; 5ªClasse: Benevolentes.
  • 3ªOrdem: (Predomínio da matéria sobre o espírito; Propensão ao mal; ignorância orgulhos; egoísmo; e todas as paixões que lhe são consequentes. Tem a intuição de Deus, mas não o compreende, apresentam idéias pouco elevadas) 6ªClasse: Batedores e Perturbadores; 7ªClasse: Neutros; 8ªClasse: Pseudossábio; 9ªClasse: Levianos; 10ªClasse: Impuros.

Espíritos Evoluídos mulherA classificação dos espíritos, baseia-se sobre o grau da sua evolução, as qualidades que adquiriram e sobre as imperfeições que ainda podem ter. Resumindo um pouco sobre cada uma dessas ordem vemos que, os espíritos imperfeitos da terceira ordem tem como características o predomínio da matéria sobre o espírito, propensão ao mal, ignorância, orgulho, egoísmo e todas as más intenções que lhe são permitidas. Têm sim a intuição de Deus mas não a compreendem.

A segunda ordem tem como característica o desejo do bem. Suas qualidades e seu poder em fazer o bem estão relacionados com o adiantamento que alcançaram. Como espíritos desencarnados estão sempre com bons pensamentos ajudando os que precisam. Quando estão encarnados seguem com o mesmo intuito, são bons e benevolentes para com o próximo. Fazem o bem pelo bem.

A primeira ordem são os espíritos puros, não sofrem influência da matéria e possuem superioridade intelectual e moral absoluta em relação aos espíritos das outras ordens.

Ao estudar as classes, já nos vem à cabeça como estamos tão atrasados, quanto ainda falta para caminharmos até chegarmos a perfeição. Mas se já tivéssemos sido criados perfeitos, o que nós teríamos para contar? Como saberíamos o que é felicidade se nunca tivéssemos passados por momentos difíceis? A verdadeira felicidade plena é o conjunto de tudo que vivemos. E para alcançarmos precisamos nos conhecer e para isso acontecer, temos que passar por desafios.

Como já disse Divaldo Pereira Franco:

“O grande desafio da criatura humana é a própria criatura humana”

O nosso grande desafio somos nós mesmos, nosso autoconhecimento. E sobre a felicidade, como já disse Allan Kardec em O Livro dos Espíritos: Não é deste mundo. Mas isso não quer dizer que aqui é um vale de lágrimas, mas sim, que este mundo é uma escola. E como toda escola, existe a disciplina e quem não respeita estas disciplinas precisa ser reeducado, repete de ano, no nosso caso precisa voltar, reencarnar, recomeçar. A felicidade tem uma conotação diferente para cada criatura, de acordo com nível intelectual de cada um, mas a verdadeira felicidade de acordo com a questão 922 do livro do Espíritos, é a consciência tranquila e a fé no futuro.

Para saber mais sobre o assunto, assista:

O Segredo da Felicidade – Mundo Maior Repórter

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui