TV Mundo Maior Espiritismo: Memorial Chico Xavier recebe itens raros - TV Mundo Maior

Editorial

Espiritismo: Memorial Chico Xavier recebe itens raros

Enviado em 9 de Abril de 2018 | Publicado por TV Mundo Maior

Um dos maiores locais de memórias do Espiritismo, o Memorial Chico Xavier, em Uberaba, em Minas Gerais, recebe um acervo de documentos raros datados com mais de 50 anos.

São manuscritos datilografados e raros de jornais, fotos e revistas sobre o médium Chico Xavier. Eles foram encontrados em setembro passado na Comunhão Espírita Cristã e estão sendo restaurados.

Segundo os responsáveis pelas restaurações e descoberta do material, os documentos são um patrimônio do município. Eles reúnem informações desde a década de 1960.

Espiritismo acervo

Um dos documentos que mereceram destaque foi a planta de um museu que está carimbada por Oscar Niemeyer. Segundo os pesquisadores, saber que o médium já tinha planos na época de construir um memorial  é surpreendente.

Numa pasta foram encontradas informações sobre o local e detalhes da obra. Até a quantidade de material para o empreendimento era citada. O nome do museu seria “Exposição Espírita Permanente”.

“O que mais nos chamou atenção foi o projeto do ‘Exposição Espírita Permanente’, que foi uma surpresa para nós identificarmos que em Uberaba, na década de 60, houve uma tentativa de construção de um espaço de memória dedicado à doutrina espírita. E vários anos depois surge o Memorial Chico Xavier, que além de contar histórias, quer contar também a história guardada nestes materiais encontrados”, contou o museólogo do Memorial Chico Xavier, Carlos Vítor ao portal G1.

A ideia concretizada de conceber o Memorial Chico Xavier aconteceu em 2003, um ano depois da morte do médium. Ele foi inaugurado em 2016.

Quem descobriu o acervo?

Num dia comum, o pedreiro Lorencildo Gonçalves foi fazer um serviço na Comunhão Espírita Cristã e se deparou com os materiais. Ele prontamente os entregou ao Memorial Chico Xavier.

O Memorial, em parceria com a Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), iniciaram os trabalhos de restauração. O universitário Tomaz Gomes, relatou ao portal que se deu conta da importância do material quando reparou que alguns escritos se referiam a viagens de Chico pelo país para divulgar a doutrina espírita.

Um local está sendo especialmente criado para armazenar todo o acervo. Todo o material ficará no “Centro de Pesquisa e Documentação do Patrimônio Cultural do Espiritismo”. Segundo os restauradores do Memorial, os papéis deverão ficar prontos para serem visitados em até um ano e seis meses.

A TV Mundo Maior divulga esta boa nova com muita alegria. A doutrina espírita ganhou mais referências sobre os trabalhos de divulgação da saudosa filosofia no Brasil e no mundo.

Fonte: G1.

 

Para saber mais sobre Chico Xavier, assista:

Parte 1

 

Parte 2

 

Parte 3

 

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui