TV Mundo Maior Como começar no Espiritismo? - Veja por onde começar

Editorial

Como começar no Espiritismo?

Enviado em 23 de janeiro de 2017 | Publicado por TV Mundo Maior

Como sabemos, nada na vida ou na Natureza acontece de uma hora para a outra. Nada vem sem esforço e dedicação, assim também acontecerá com as respostas que procura. Umas virão no exercício mental do estudo sério da doutrina, outras virão no exercício do coração, através da caridade.

O estudo contínuo das obras básicas nos levam a “fé raciocinada” a entender a lógica da reencarnação, a comunicação com os nossos irmãos desencarnados, longe das superstições e do medo. Na verdade o estudo do Espiritismo nos leva a Doutrina do Cristianismo.

Para seu estudo: recomendamos o ponto de partida da própria Doutrina Espírita, as obras de Allan Kardec:

  • O Livro dos Espíritos (1860) ou O que é o Espiritismo (1859)
  • O Evangelho Segundo o Espiritismo (1864)
  • O Livro dos Médiuns (1861)
  • O Céu e o Inferno (1865)

Aproveite os cursos das casas espíritas, pois existem cursos para todos os níveis. Aprender na sala de aula é uma experiência enriquecedora, você conta com professores experientes e também tira dúvidas sobre suas questões de estudos particulares.

Muitas pessoas aproximam-se do Espiritismo pelos mais variados motivos, no entanto poucas conseguem perseverar no estudo necessário para entendê-lo, ficam à margem, deslumbradas por alguns de seus aspectos e com grandes dúvidas sobre outros.

É por isso que o movimento espírita tem enfatizado ao longo do tempo a necessidade da implantação do estudo sistematizado da Doutrina Espírita em cada centro espírita. Lembrando o memorável Herculano Pires ( 1914-1979 ), o Espiritismo ainda continua um “desconhecido”, e a maioria , movida pela ânsia de soluções imediatistas, ainda não busca uma nova filosofia de vida, a par de uma explicação para o porquê “do ser, do destino e da dor”.

Depois de Allan Kardec, o codificador do Espiritismo, podemos citar autores importantes como Léon Denis, Gabriel Delanne, Ernesto Bozzano, Camille Flamarion, Herculano Pires, Deolindo Amorin, Eliseu Rigonatti, Yvone A. Pereira, Hermínio C. Miranda, Martins Peralva,Caibar Schutel, Richard Simonetti e muitos outros, além é claro dos autores espirituais Emannuel, André Luiz, Humberto de Campos, Manoel Philomeno de Miranda e vários outros.

E procuremos seguir sempre um dos ensinamentos de Allan kardec:

“Espíritas Amai-vos, Espíritas instruí-vos” não nos esquecendo que “Fora da caridade não há salvação.”

Para saber mais sobre o assunto assista:

Pontos principais da Doutrina Espírita – Espiritismo sem Mistério

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui