Editorial

Chico Xavier uma das rotinas do seu trabalho

Enviado em 26 de janeiro de 2017 | Publicado por TV Mundo Maior

Chico Xavier uma das rotinas do seu trabalho foto.jpgProcurando nos inteirar mais sobre esse médium compreensível, amigo e respeitador de sua tarefa, o jornalista e escritor Fernando Worman achou por bem, acompanhar seu dia, considerando a escolha de um fim de semana. No primeira dia diz o jornalista:

“O acompanhamos das 15h da sexta feira até a madrugada de sábado às 3:30, e das 15:30h do sábado até às 2h da madrugada do domingo. Sem contar que na manhã seguinte de sábado, psicografou 17 páginas em respostas a 22 perguntas feitas.

As filas das pessoas para as sextas feiras, pernoitaram com início na quinta feira, perto de 80 pessoas, ao redor do grupo espírita  da prece, dezenas de automóveis estacionados. Após atender as pessoas da fila em 5 horas ininterruptas, Chico psicografou 380 consultas, saiu do receituário com a aparência tão descansada que parecia não ter trabalhado 1 minuto sequer.

Às 23:10 voltou a mesa dos trabalhos e psicografou a mensagem de mais de 70 páginas de Maria Dolores, contando antológica e comovente história de um pai vivo que se torna vítima de seu próprio filho. O desventurado pai, após ser expulso de sua própria casa, pelo filho pródigo, termina morrendo para salvar a vida de seu neto.

Foram também psicografadas mais duas mensagens de jovens desencarnados. Sábado de manhã, responde às nossas perguntas, em duas horas de trabalho. Às 15h deste mesmo sábado, acompanhamos em caravana ao culto do evangelho no lar com distribuição de pães, sacolas de alimentos e algum dinheiro, peregrinação com duração de 2 horas. Às 19h volta ao grupo espírita da prece para sessão evangélica e recepção de novas mensagens de jovem desencarnados. Às 23h retornamos a sua casa para um café com doce, ainda  prosseguiram  as consultas pessoais, a certa altura não me intimidei em falar: “Chico esse ritmo de trabalho parece intenso demais para sua saúde, entre a tarde de sexta feira e nesta madrugada de domingo, você trabalhou mais de 13 horas.”

Respondeu-me Chico: “Enquanto Jesus me der força quero prosseguir na minhas tarefas, após o abalo orgânico que sofri em 1976 venho clamando aos benfeitores espirituais que me concedam renovadas forças para manutenção dos serviços que me tocam, até o fim.”

Essa é uma das histórias contadas por Rubens Germinhasi, amigo pessoal  de Chico Xavier. Na TV Mundo Maior, você acompanha o programa “Cândido: lembrando Chico Xavier”, onde Germinhasi  nos relata essa e outras histórias do nosso querido Chico.

Assista: “Lembrando Chico Xavier – Seu ritmo de trabalho” e saiba mais:

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui