TV Mundo Maior Caridade: Qual motivo dos Espíritas baterem tanto nessa tecla? - TV Mundo Maior

Editorial

Caridade: Qual motivo dos Espíritas baterem tanto nessa tecla?

Enviado em 26 de dezembro de 2016 | Publicado por TV Mundo Maior

Caridade coraçãoO egoísmo resseca mas o amor refaz, alegra e jamais se desgasta, quanto mais compartilhado, mais aumenta. Isso porque é a meta evolutiva que devemos cumprir, em estágios mais amadurecidos.

A caridade, nada mais é que o amor em movimento. Passa na história da humanidade com personagens memoráveis, e assim sonhamos tê-la connosco. O grande problema é o de a conquistar: ela não se compra nem se transfere de uns para outros. Adquire-se, construindo-a.

É a alma do Espiritismo, ela resume todos os deveres do homem para consigo mesmo e para com os seus semelhantes, razão por que se pode dizer que não há verdadeiro espírita sem caridade. Temos que ajudar ao próximo, sem motivos sem prós nem contras, apenas pelo amor ao próximo. Não podemos se deixar levar pelos seus pecados particulares, e tornar isso um motivo para não estender a mão.

Ser caridoso é um exercício constante que vamos treinando ao longo do tempo, não julgar, consolar, ser paciente e até mesmo ensinar algo relevante para o próximo. Quando oferecemos uma palavra de consolo, de entendimento, de carinho, quando ajudamos alguém que caiu a se levantar, quando damos um sorriso sincero e reconfortante à alguém que tropeçou na rua, quando oferecemos um “bom dia” com amor verdadeiro, desejando com o coração que aquela pessoa tenha um bom dia ou quando pensamos e oramos por alguém, isso é caridade moral.

São pequenas atitudes que devemos colocar em prática quanto antes possível. Pois a caridade é um exercício espiritual, quem pratica o bem coloca em movimento as forças da alma.

O que Jesus nos pede?

Para amar os nossos inimigos, perdoar quem nos ofende, fazer o bem sem ostentação, julgar a nós mesmos antes de julgar os outros. Caridade e humildade, sempre. Por isso o espiritismo procura incentivar a caridade, para que as pessoas ajudando umas as outras, se amem. Jesus disse que: “Se alguém disser: Amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso.”. Ou seja, aquele que não ama seu irmão, que não respeita, que despreza, também não ama a Deus.

O maior mandamento é amar à Deus sobre todas as coisas, mas só fazemos isso de todo coração quando amamos nossos irmãos, filhos desse mesmo Deus.

Para saber mais sobre o assunto assista:

“Fora da Caridade não há Salvação – Nova Mente”

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Comments

comments

Deixe seu comentário:


Clique aqui